Banca de DEFESA: MIRTANIA ANTUNES LEAO

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MIRTANIA ANTUNES LEAO
DATA: 10/05/2013
HORA: 15:00
LOCAL: Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (IFBA)
TÍTULO:

 COMPÓSITOS POLIMÉRICOS A BASE DE FIBRAS DE LICURI: EFEITOS DA HIBRIDIZAÇÃO E DO ENVELHECIMENTO AMBIENTAL ACELERADO.


PALAVRAS-CHAVES:

COMPÓSITOS POLIMÉRICOS A BASE DE FIBRAS DE LICURI: EFEITOS DA HIBRIDIZAÇÃO E DO ENVELHECIMENTO AMBIENTAL ACELERADO.


PÁGINAS: 195
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia de Materiais e Metalúrgica
RESUMO:

A substituição gradativa dos materiais ditos convencionais por materiais compósitos, em particular por compósitos poliméricos reforçados por fibras, vem se tornando uma preocupação quanto à resposta destes compósitos frente a condições ambientais adversas, tais como, a presença de radiação ultravioleta, alta temperatura e umidade. Também a busca de novos compósitos que utilizem fibras naturais ou uma mistura de fibras naturais com fibras sintéticas como reforço visando à diminuição do impacto sobre o meio ambiente, além de agregar os valores da fibra natural como custo, leveza e tenacidade tem sido objeto de estudo. Neste sentido, o presente trabalho de pesquisa inicia com um completo estudo de caracterização microestrutural da fibra de licuri, essa como proposta alternativa de reforço aos compósitos poliméricos. O Syagrus Coronata (Martius) Becari conhecido popularmente por Licuri é uma palmeira abundante na flora do estado da Bahia. Em seguida, foi realizado um estudo do desenvolvimento de dois laminados compósitos, um somente a base de fibra de licuri e um laminado híbrido a base de fibra de licuri e fibra de vidro-E, de modo a conhecer o comportamento da fibra frente ao processo de hibridização. Os laminados foram confeccionados na forma de placas e fabricados através do processo de laminação manual (hand lay-up), utilizando a resina poliéster orto-tereftálica como matriz. O laminado compósito só de fibras de licuri teve como reforço duas lâminas de tecido unidirecional e o laminado híbrido teve como reforço duas lâminas desse mesmo tecido unidirecional e três lâminas de manta de fibras curtas de vidro-E. Os dois laminados compósitos foram submetidos ao processo de envelhecimento ambiental acelerado para o estudo da influência da degradação ambiental nas propriedades mecânicas e características da fratura dos mesmos. Quanto às propriedades mecânicas de resistência e rigidez dos laminados compósitos, estas foram determinadas através dos ensaios de tração uniaxial, compressão uniaxial e flexão em três pontos no estado original, e de tração uniaxial e flexão em três pontos após envelhecimento acelerado. Quanto ao estudo da degradação estrutural dos laminados devido ao envelhecimento, o mesmo foi realizado com base nas análises microscópicas da microestrutura e, bem como, da medição de perda de massa. As características da fratura foram realizadas através de análises macroscópicas e microscópicas (ótica e eletrônica de varredura).


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 347563 - EVE MARIA FREIRE DE AQUINO
Externo ao Programa - 2002306 - KILDER CESAR DE ARAUJO RIBEIRO
Externo à Instituição - RAIMUNDO NONATO BARBOSA FELIPE - IFRN
Interno - 1350249 - RUBENS MARIBONDO DO NASCIMENTO
Notícia cadastrada em: 29/04/2013 09:14
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2021 - UFRN - sigaa28-producao.info.ufrn.br.sigaa28-producao