Banca de DEFESA: VAMBERTO MONTEIRO DA SILVA

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: VAMBERTO MONTEIRO DA SILVA
DATA: 18/01/2013
HORA: 09:00
LOCAL: auditório do CCET
TÍTULO:

ESTUDO DA POTENCIALIDADE DO RESÍDUO CERÂMICO INCORPORADO NA PRODUÇÃO DE TIJOLOS MACIÇOS DE SOLO-AGLOMERANTE(S)


PALAVRAS-CHAVES:

aglomerantes,solo, propriedades tecnológicas, tijolos, resíduo cerâmico.


PÁGINAS: 100
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia de Materiais e Metalúrgica
RESUMO:

A cadeia produtiva da indústria da construção civil destaca-se como fonte geradora de significativo volume de resíduos sólidos nas áreas urbanas, os denominados resíduos da construção e demolição, que provocam enormes impactos ambientais e transtornos nos sistemas viários e nas redes coletoras da drenagem e do esgoto das cidades. Uma alternativa para minimizar os efeitos da deposição desses rejeitos é a reutilização dos mesmos como matéria-prima para a fabricação de outros produtos. Nesse contexto, a incorporação do resíduo cerâmico, oriundo da quebra do bloco cerâmico aplicado na execução das alvenarias de vedação, para produção dos tijolos maciços de solo-aglomerante(s) é possível devido às propriedades pozolânicas que o resíduo cerâmico apresenta quando submetido a processo de moagem para aumento da superfície específica das suas partículas. Esse estudo científico objetivou avaliar as propriedades físicas, mineralógicas e mecânicas de tijolos maciços produzidos a partir das formulações ternárias de solo-cal-resíduo cerâmico, solo-cimento-resíduo cerâmico e quaternária solo-cimento-cal e resíduo cerâmico. No desenvolvimento da pesquisa foi realizada a caracterização física, química e mineralógica das matérias-primas aplicadas, e moldados corpos-de-prova cilíndricos com a adição de 2% e 4% de resíduo cerâmico nas composições solo-aglomerante(s), nos teores de 8%, 10% e 12% dos mesmos, sendo os corpos de prova em seguida curados e submetidos aos ensaios de resistência à compressão simples, absorção de água e durabilidade modificada. Com os resultados mais significativos obtidos nos experimentos realizados, foram confeccionados tijolos maciços de solo-aglomerante(s) e resíduo cerâmico, nos teores acima citados, os quais foram submetidos à mesma sequência de ensaios realizados nos corpos-de-prova cilíndricos, sendo em seguida amostras enviadas para ensaios de difração de raios X e microscopia eletrônica de varredura. Os resultados experimentais constataram que em termos de resistência à compressão simples, absorção de água e durabilidade modificada, a composição ternária solo, 12% cimento e 4% resíduo cerâmico apresentou os melhores resultados. Nas misturas quaternárias, a formulação solo, 10% cimento, 2% cal e 2% resíduo cerâmico apresentou melhor desempenho.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1149564 - WILSON ACCHAR
Externo ao Programa - 2331385 - JAQUELIGIA BRITO DA SILVA
Externo ao Programa - 346779 - LEONARDO FLAMARION MARQUES CHAVES
Externo à Instituição - FRANCISCO CANINDE CAMILO DA COSTA - IFRN
Externo à Instituição - LUIZ RENATO DE ARAÚJO PONTES - UFPB
Notícia cadastrada em: 18/01/2013 05:38
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2021 - UFRN - sigaa09-producao.info.ufrn.br.sigaa09-producao