Banca de DEFESA: JOSE CARLOS CALADO SALES JUNIOR

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JOSE CARLOS CALADO SALES JUNIOR
DATA: 31/05/2012
HORA: 09:30
LOCAL: sala de aulas PPGCEM
TÍTULO:

ESTUDO DE MASSA CERÂMICA TRIAXIAL VISANDO À OTIMIZAÇÃO DO CICLO DE QUEIMA DA INDÚSTRIA DE CERÂMICA ESTRUTURAL.


PALAVRAS-CHAVES:

indústria de cerâmica estrutural; filito; resíduo de caulim


PÁGINAS: 143
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia de Materiais e Metalúrgica
RESUMO:

A indústria de cerâmica estrutural é um dos seguimentos industriais que mais cresceu ao longo dos últimos anos no Brasil. Apesar de reconhecida importância na economia do país, esse setor vem enfrentando sérias dificuldades em suas atividades, especialmente com questões relacionadas à produtividade e qualidade dos produtos fabricados. Para muitos especialistas na área, uma das alternativas possíveis para solucionar esses problemas passa pela mudança na matriz energética, substituindo a lenha pelo gás natural. Entretanto, para que essa tecnologia seja realmente aceita e se difunda no seguimento é necessário que existam garantias de benefícios técnicos e econômicos aos produtores. Nesse contexto, o objetivo deste trabalho é investigar o efeito da introdução de filito cerâmico e resíduo de caulim numa matriz argilosa. O intuito principal é verificar a possibilidade dessas matérias-primas reduzirem a carga térmica necessária para obtenção de produtos de igual ou superior qualidade, promovendo, dessa forma, uma economia energética no ciclo de queima, fato que contribuiria para a inserção do gás natural na indústria de cerâmica estrutural. O trabalho foi divido em duas etapas: caracterização das matérias-primas e estudo das formulações. Duas argilas, o filito e o resíduo de caulim foram caracterizados através das seguintes técnicas: análise granulométrica por difração a laser, determinação do índice de plasticidade pelos limites Atterberg, difração de raios x, fluorescência de raios x, análise de composição mineralógica pelo método Rietveld, análise termogravimétrica e análise térmica diferencial. Uma massa padrão formada pela mistura das argilas na proporção volumétrica de 1:1 foi utilizada nesse trabalho como a matriz argilosa. Para o estudo das formulações foi executado um modelo experimental que combinou um planejamento envolvendo mistura de três componentes (massa padrão x filito x resíduo de caulim) e um planejamento fatorial 23 com ponto central associado aos parâmetros térmicos de processamento. A experimentação foi realizada com restrição na aleatorização por strip-plot. No total foram investigados 13 pontos composicionais dentro das seguintes restrições: teor de filito ≤ 20% em peso; resíduo de caulim ≤ 20% em peso; e presença da massa padrão ≥ 60% em peso. Os parâmetros térmicos foram utilizados nos seguintes níveis: 750 °C e 950 °C para temperatura de queima; 5 °C/min e 15 °C/min para a taxa de aquecimento; 15 min e 45 min para o tempo de patamar. Os resultados obtidos demonstram que a introdução de FL e/ou RC na massa cerâmica produz uma série de benefícios ao produto final, sendo constatados indícios de que o uso dessas matérias-primas na composição de massas cerâmicas pode resultar na diminuição da energia térmica necessária para formação da microestrutura requerida.


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 1218831 - CARLA ALMEIDA VIVACQUA
Interno - 1300987 - CARLOS ALBERTO PASKOCIMAS
Externo à Instituição - LUIZ RENATO DE ARAÚJO PONTES - UFPB
Externo à Instituição - RICARDO PEIXOTO SUASSUNA DUTRA - UFPB
Presidente - 1350249 - RUBENS MARIBONDO DO NASCIMENTO
Interno - 1149564 - WILSON ACCHAR
Notícia cadastrada em: 21/05/2012 11:28
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2021 - UFRN - sigaa22-producao.info.ufrn.br.sigaa22-producao