Banca de QUALIFICAÇÃO: BRUNO LEONARDO DE SENA COSTA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: BRUNO LEONARDO DE SENA COSTA
DATA: 14/05/2012
HORA: 08:00
LOCAL: Auditório do NUPPRAR
TÍTULO:

ESTUDO DA INFLUÊNCIA DE DIFERENTES SAIS EM PASTAS PARA CIMENTAÇÃO DE POÇOS DE PETRÓLEO EM ZONAS EVAPORÍTICAS


PALAVRAS-CHAVES:

Cimentação de poços petrolíferos, pastas salinas, caracterização microestrutural.


PÁGINAS: 100
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia de Materiais e Metalúrgica
RESUMO:

Um dos grandes desafios da atualidade relacionado com a área de materiais diz respeito à produção de produtos e processos para uso na indústria do petróleo, mais precisamente relacionado à área do pré-sal. Este desafio vem sendo estudado com certa cautela em função de que a camada do pré-sal está localizada nas porções marinhas mais profundas de grande parte do litoral brasileiro, com potencial de acúmulo de hidrocarbonetos. Avanços foram alcançados nos últimos anos permitindo a perfuração da camada de sal, com a redução do tempo para perfuração dos poços e maior êxito ao final. Para as companhias operadoras dos poços de petróleo o fator preponderante é a tecnologia, contudo, apesar dos avanços, uma série de desafios ainda é passível de soluções e um deles refere-se à preparação de pastas para a cimentação de poços nessas zonas com camadas evaporíticas. Dentro deste contexto, este estudo teve por objetivo analisar a influência do NaCl, KCl, CaSO4, MgCl2 e MgSO4 em diferentes concentrações e em diferentes idades na matriz cimentícea. Como metodologia, foram preparadas e analisadas pastas de cimento com concentrações variadas destes sais que são comumente encontrados nas formações salinas do reservatório do pré-sal. As concentrações dos sais empregadas nas formulações das pastas foram 5%, 15% e 30%.  As pastas foram formuladas com peso específico de 15,8 lb/gal e o cimento utilizado na preparação das pastas foi o do tipo Portland Classe G. Foram realizados ensaios de resistência a compressão de corpos de prova curados por 24 e 48 horas, 7 e 28 dias. Também foram realizados ensaios de caracterização cristalográfica (DRX) e morfológica (MEV). De acordo com os resultados apresentados, observa-se que os maiores valores de resistência a compressão são atribuídos às pastas com concentração de 15 % de sal. Houve uma grande redução dos valores de resistência a compressão das pastas formuladas com concentração de 30 % de sal. Através das análises de caracterização microestrutural foi possível estudar a influência dos sais nos principais produtos hidratados da matriz de cimento, dentre eles o silicato de cálcio hidratado (C-S-H).


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 349770 - DULCE MARIA DE ARAUJO MELO
Externo ao Programa - 1804366 - JULIO CEZAR DE OLIVEIRA FREITAS
Interno - 347420 - MARCUS ANTONIO DE FREITAS MELO
Notícia cadastrada em: 09/05/2012 09:44
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2021 - UFRN - sigaa20-producao.info.ufrn.br.sigaa20-producao