Banca de DEFESA: ELISANGELA BARROS DANTAS

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ELISANGELA BARROS DANTAS
DATA: 04/06/2012
HORA: 09:00
LOCAL: A definir
TÍTULO:

OBTENÇÃO DE LIGAS SINTERIZADAS DE NÍQUEL A PARTIR DA REDUÇÃO DO ÓXIDO DE NÍQUEL


PALAVRAS-CHAVES:

níquel, dilatometria, sinterização, óxido de níquel, metalurgia do pó.


PÁGINAS: 100
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia de Materiais e Metalúrgica
RESUMO:

As ligas de níquel são largamente utilizadas na produção de diversos materiais, sobretudo, aqueles que necessitam de resistência mecânica associada à resistência à corrosão. Atualmente, mais da metade de todo níquel consumido no mundo é empregado na fabricação de aço inoxidável. Outro uso do níquel é a produção de ligas sinterizadas a partir de pó de níquel metálico. Uma alternativa promissora à produção de componentes sinterizados de níquel com importante redução de custos do material de partida é o emprego de misturas de pós do tipo Ni-NiO.  Este trabalho teve por objetivo o estudo da obtenção de ligas metálicas de níquel a partir da redução de NiO. As ligas de níquel foram processadas pela técnica de metalurgia do pó e pré-sinterizadas em atmosfera redutora de hidrogênio. As misturas Ni+15%NiO, Ni+25%NiO e Ni+35%NiO foram estudadas e comparadas com amostras sinterizadas apenas a partir de Ni metálico. Foram realizados ensaios dilatométricos para estudo das condições de sinterização das ligas. O material consolidado foi analisado quanto à sua microestrutura e microdureza. As curvas de dilatometria mostraram que a adição de óxido de níquel em todas as composições ativa a sinterização da liga. Os testes de microdureza demonstraram que todas as composições apresentaram valores de microdureza próximos ao do material consolidado a partir de níquel metálico. Contudo, as amostras contendo Ni+35%NiO, apresentaram grande dispersão dos valores nos testes de microdureza realizados em pontos distintos da superfície das amostras.   A análise microestrutural do material mostrou uma maior concentração de vazios e presença de óxidos residuais nas ligas da composição Ni+35%NiO. As amostras contendo Ni+15%NiO apresentaram características microestruturais e propriedades mecânicas semelhantes ao níquel metálico consolidado sob as mesmas condições das composições estudadas neste trabalho e, portanto, apresentaram grande potencial para produção de ligas sinterizadas de níquel.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1298936 - ANTONIO EDUARDO MARTINELLI
Externo ao Programa - 1652765 - MAURICIO MHIRDAUI PERES
Interno - 1350249 - RUBENS MARIBONDO DO NASCIMENTO
Notícia cadastrada em: 07/05/2012 08:55
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2021 - UFRN - sigaa17-producao.info.ufrn.br.sigaa17-producao