Banca de QUALIFICAÇÃO: MORENA BRITO DE FARIAS

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : MORENA BRITO DE FARIAS
DATA : 20/12/2019
HORA: 10:30
LOCAL: Sala de aulas do PPGCEM
TÍTULO:

Obtenção de vitrocerâmico à base de Diopside e Nepheline utilizando cinza de casca de café (CCC)


PALAVRAS-CHAVES:

vidro, vitrocerâmico, resíduo sólido, cinza de casca de café.


PÁGINAS: 70
RESUMO:

Materiais vitrocerâmicos são produzidos a partir de um vidro original por meio de uma cristalização controlada, na qual é possível obter um material com determinadas propriedades devido ao seu controle microestrutural. Esses materiais possuem uma vasta possibilidade de aplicações como, por exemplo, cooktops, esmaltes de ladrilhos cerâmicos, isoladores, selantes quando aplicadas em células à combustíveis de óxido sólido (SOFCs), esmaltes vitrocerâmicos e/ou biomateriais. Nesse estudo, a produção do material vitrocerâmico foi obtida através da homogeneização dos reagentes do vidro base que irão passar pelo processo de fundição, maceração, compactação e cristalização em forno. Um dos reagentes utilizado no trabalho foi o óxido de potássio, produzido através da cinza da casca de café (CCC), por ser um material de baixo custo, de grande produção no país e de possível reutilização, tendo em vista que esse material é muitas vezes descartado de forma indevida. O material em questão foi caracterizado por meio de Difração de Raios-X, Fluorescência de Raios-X, Dilatometria e Microscopia Eletrônica de Varredura com Canhão de Emissão de Campo. As análises indicaram a formação de fase cristalinas Diopside e Nepheline. Os coeficientes de expansão térmico (CTE) do vidro e dos vitrocerâmicos possuem valores entre 9,17-13,8 x 10-6 ºC-1. Entretanto, nos resultados da análise de MEV-FEG da amostra CC_GC1 foi observado uma vitrocerâmica porosa, onde os poros existentes possuem formato circular, dispostos de modo aleatório. Contudo, foi possível obter um material vitrocerâmico utilizando a cinza da casca do café como reagente substituto ao K2O.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1350249 - RUBENS MARIBONDO DO NASCIMENTO
Externa à Instituição - AURISTELA CARLA DE MIRANDA - UFPB
Externo à Instituição - DANIEL ARAÚJO DE MACEDO - UFPB
Notícia cadastrada em: 16/12/2019 17:41
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2021 - UFRN - sigaa16-producao.info.ufrn.br.sigaa16-producao