Banca de DEFESA: EDMILSON PEDREIRA DOS REIS

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : EDMILSON PEDREIRA DOS REIS
DATA : 28/06/2016
HORA: 13:30
LOCAL: Sala de aulas do PPGCEM
TÍTULO:
ESTUDO DE CERÂMICA VERMELHA COM ADIÇÃO DE PÓ DE PEDRA PARA PRODUÇÃODE BLOCOS FURADOS E TIJOLOS MACIÇOS UTILIZADOS EM ALVENARIA DE VEDAÇÃO

PALAVRAS-CHAVES:
Cerâmica vermelha, resíduo de pedra, planejamento de experimentos,  alvenaria de vedação, propriedades tecnológicas.

PÁGINAS: 193
RESUMO:
O pó de pedra é o resíduo resultado do beneficiamento de rochas para obtenção de pedras britadas (as chamadas britas) utilizadas na construção civil, tendo estas o seu uso mais comum nos concretos. A sua geração é na ordem de 10% a 15% do volume total de pedra beneficiada. Com o objetivo de minimizar os impactos ambientais causados por este tipo de resíduo, foi estudada a potencialidade da adição do pó de Pedra em argilas usadas na fabricação de cerâmica vermelha da região de Eunápolis/BA no sul da Bahia. Foram utilizados duas argilas da região onde as massas cerâmicas foram formuladas com a técnica de planejamento de misturas com o uso do software statistica. Foram confeccionados 4 corpos de provas nas dimensões de 60x20x5 mm3 em matriz metálica e prensados uniaxialmente com 3 toneladas, ou seja, 25 MPa. A sinterização ocorreu nas temperaturas de 825ºC, 925ºC e 1025ºC, com taxa de aquecimento de 1, 8 e 15ºC/min e patamar de 180 minutos na temperatura máxima. As variáveis de respostas foram analisadas através dos modelos de regressão e superfície de resposta gerada pelo próprio statistica. As caracterizações das matérias-primas e das massas foram feitas por ensaios de granulometria, Limites de Atterberg, FRX, DRX, MEV, TG/DSC. Foram determinadas as propriedades cerâmicas como absorção de água, retração linear, porosidade, resistência à flexão e massa específica aparente. A eficiência do planejamento de misturas foi confirmada através de duas novas formulações por meio das equações de regressão e os resultados demonstraram a viabilidade da incorporação do resíduo nas argilas para fabricação de cerâmica vermelha.

MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 345842 - UILAME UMBELINO GOMES
Externo à Instituição - ANGELUS GIUSEPPE PEREIRA DA SILVA - UENF
Externo à Instituição - ARIADNE DE SOUZA SILVA - UFRN
Externo à Instituição - LEILIANE ALVES DE OLIVEIRA - UFRN
Externo à Instituição - RICARDO PEIXOTO SUASSUNA DUTRA - UFPB
Notícia cadastrada em: 20/06/2016 08:23
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2021 - UFRN - sigaa12-producao.info.ufrn.br.sigaa12-producao