Banca de QUALIFICAÇÃO: MARA TATIANE DE SOUZA TAVARES

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MARA TATIANE DE SOUZA TAVARES
DATA: 04/02/2016
HORA: 14:30
LOCAL: sala de aulas do PPGCEM
TÍTULO:

Síntese de hidróxidos de índios com propriedades fotocatalíticas e bactericidas.


PALAVRAS-CHAVES:

Hidróxido de índio, zinco, prata, atividade fotocatalítica, atividade bactericida, micro-ondas.


PÁGINAS: 100
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia de Materiais e Metalúrgica
RESUMO:

Atualmente vem sendo investigado uma nova classe de materiais inorgânicos que surgem como uma opção promissora com alto desempenho em diferentes aplicações, tais como fotocatalíticas e bactericidas. O In(OH)3 é um semicondutor que apresenta bom desempenho em propriedades óticas e têm gerado intensas investigações para compreensão de novas aplicações. A dopagem de semicondutores com diferentes elementos é conhecida por afetar grandemente muitas das suas propriedades básicas. Para obter as propriedades desejadas, atualmente muitos pesquisadores estudam síntese de semicondutores dopados e puros, numa grande variedade de materiais. Neste trabalho, estruturas cristalinas de hidróxido de índio puro e dopado com íons de zinco e íons de prata foram sintetizadas pelo método hidrotérmico assistido por micro-ondas (HM). As amostras foram caracterizadas por difração de raios-X (DRX), microscopia eletrônica de varredura com emissão de campo (MEV-FEG), fotoluminescência (FL) e espectroscopia UV-visível (UV-vis). Para verificar a aplicabilidade foram realizados teste fotocatalítico nas amostras de In(OH)3:xZn e teste bactericida das amostras de In(OH)3:xAg. Os resultados de difração de raios X confirmaram a formação da fase cúbica de In(OH)3, mesmo com o teor máximo de dopantes (4% Zn e 4% Ag). Imagens de MEV mostraram que as amostras de In(OH)3 puro exibe morfologia na forma de cubos com diferentes tamanhos de partículas, já as amostras dopadas com íons de Zn e Ag houve alterações significativa na morfologia apresentando compostos agregadas com diferentes tamanhos de partículas. Os espectros de fotoluminescência apresentam diminuição na intensidade com o aumento da concentração de íons de Zn na matriz hospedeira, já as amostras dopadas com 2% e 4% de íons de Ag apresentam um desvio para o vermelho. Os espectros de reflectância de UV-vis indicaram que a dopagem com íons de Zn e Ag causaram uma diminuição na banda de gap com o aumento da dopagem de 0% para 4% de Zn/Ag. No teste fotocatalítico das amostras de In(OH)3:xZn (x=4%) o corante rodamina (RhB) degradou em apenas 16 minutos sob irradiação UV. As amostras do In(OH)3 puro degradou o corante após 30 minutos sob irradiação UV. Estes resultados indicaram que, mesmo sem qualquer dopagem, a eficiência desse semicondutor na fotodegradação do RhB é alta. A atividade bactericida das amostra de In(OH)3:xAg foi avaliada utilizando bactérias Gram negativa (Escherichia coli) e bactérias Gram positivas (Staphylococcus aureus). A presença de uma zona de inibição indica claramente o efeito antibacteriano das amostras dopadas com Ag para ambos os tipos de bactérias (E. coli e S. aureus), enquanto as amostras de In(OH)3 puro não apresentam qualquer efeito antibacteriano.



MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1802888 - FABIANA VILLELA DA MOTTA
Externo ao Programa - 3432383 - FILIPE MARTEL DE MAGALHAES BORGES
Interno - 1883170 - MAURÍCIO ROBERTO BOMIO DELMONTE
Notícia cadastrada em: 28/01/2016 10:12
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2021 - UFRN - sigaa08-producao.info.ufrn.br.sigaa08-producao