Banca de QUALIFICAÇÃO: JOÃO PAULO DE FREITAS GRILO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JOÃO PAULO DE FREITAS GRILO
DATA: 30/04/2015
HORA: 17:00
LOCAL: Sala de Aulas do PPGCEM
TÍTULO:

Avaliação das Propriedades de Nanocompósitos NiO-CGO Obtidos Pelo Método de Síntese em Uma Etapa


PALAVRAS-CHAVES:

NiO-CGO, CCOS, Síntese em uma etapa.


PÁGINAS: 54
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia de Materiais e Metalúrgica
SUBÁREA: Materiais Não-Metálicos
ESPECIALIDADE: Cerâmicos
RESUMO:

NiO-C0.9Gd0.1O1.95 (NiO-CGO) estão entre os materiais mais promissores para aplicação como anodos de células a combustível de óxido sólido (CCOS) de temperaturas intermediárias (600 – 750 °C). O desempenho destes materiais depende do tamanho de partícula, contorno de tripla fase (CTF), área superficial e percolação das fases NiO e CGO. Muitos esforços têm sido feitos para aperfeiçoar as características microestruturais desses nanocompósitos, através de análises de variadas composições, com a finalidade de aumentar a possibilidade de uso em CCOS. Neste contexto, este trabalho tem como objetivo avaliar as diversas propriedades dos compósitos em composições de 0 a 100% de NiO obtidos pelo método de síntese em um etapa. Rota química desenvolvida na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), que consiste na mistura das resinas precursoras obtidas pelo método Pechini de síntese. Neste trabalho, nanopós de NiO-CGO contendo de 0 a 100% , incremento de 10, em massa de NiO foram sintetizados por uma rota química de síntese em uma etapa baseada no método dos precursores poliméricos. Os nanopós foram caracterizados por termogravimetria (TG) e Calorimetria Diferencial Exploratória (DSC) e difração de raios X (DRX). Amostras sinterizadas entre 1400 e 1500 ºC por 4 h foram caracterizadas pelo método de Arquimedes. O refinamento dos dados de DRX indicaram que os pós são ultrafinos e que o tamanho do cristalito da fase CGO tende a diminuir com o aumento de teor de NiO, e o cristalito da NiO também tende a diminuir com o aumento da fase CGO, principalmente em teores acima de 50% CGO. A análise por Arquimedes evidencia uma variação na densidade relativa em função do teor de NiO. Densidades relativas acima de 95% foram obtidas em nanocompósitos com teores a partir de 50% de NiO em temperaturas entre 1450 e 1500ºC.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - DANIEL ARAÚJO DE MACEDO - UFPB
Presidente - 1350249 - RUBENS MARIBONDO DO NASCIMENTO
Interno - 1308577 - SIBELE BERENICE CASTELLA PERGHER
Notícia cadastrada em: 27/04/2015 11:54
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2021 - UFRN - sigaa06-producao.info.ufrn.br.sigaa06-producao