Banca de DEFESA: SHEILA BERNHARD GALVAO

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: SHEILA BERNHARD GALVAO
DATA: 24/03/2014
HORA: 09:00
LOCAL: Auditório do Departamento de Física da UFRN
TÍTULO:

SÍNTESE E CARACTERIZAÇÃO ESTRUTURAL, TÉRMICA E MAGNÉTICA DE NANOPARTÍCULA DE Mg1-XCaXFe2O4 PARA USO EM HIPERTERMIA


PALAVRAS-CHAVES:

Mössbauer, hipertermia, ferrita de Mg1−XCaXFe2O4, biomedicina e campo magnético AC.


PÁGINAS: 125
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia de Materiais e Metalúrgica
RESUMO:

Nos últimos anos a síntese de nanopartículas magnéticas tem sido intensivamente investigada devido a seu vasto campo de aplicação nas áreas da biomedicina e biotecnologia, tais como carreadores magnéticos de fármacos, hipertermia magnética no tratamento de tumores, entre outros. No presente trabalho foram sintetizadas amostras de magnesioferrita dopadas com íons de cálcio, MgxCa1-xFe2O(0,2 ≤ x ≤ 0,8), via métodos Pechini e moagem de alta energia com subsequentes tratamentos térmicos (350, 500, 700 e 900°C por 2h). Foram utilizados como precursores, o carbonato de magnésio, o carbonato de cálcio e o nitrato de ferro. Os materiais obtidos foram caracterizados por difratometria de raios X (DRX), microscopia eletrônica de varredura (MEV), espectroscopia Mössbauer (MS), termogravimetria (TG), calorimetria exploratória diferencial (DSC) e magnetometria de amostra vibrante (VSM). Além disso, verificou-se a viabilidade do uso de tais materiais para uso em hipertermia magnética. A análise das medidas de MEV e DRX revelou que as amostras obtidas pelo método Pechini são monofásicas nas temperaturas mais baixas e que as partículas são nanométricas com uma distribuição de tamanho razoavelmente uniforme, maior que 4nm e menor que 18nm, de morfologia bem definida. Essas nanopartículas apresentaram comportamento ferromagnético, no Mössbauer e nas curvas M vs H e uma variação de temperatura com a aplicação de campos magnéticos, nos experimentos de hipertermia. Já para os sistemas preparados pelo método de moagem, verificou-se que as fases secundárias exercem forte influência no comportamento magnético. Observou-se que a síntese da magnesioferrita dopada com cálcio pode ocorrer por diferentes mecanismos, dependendo do tempo de reação e da temperatura do tratamento térmico, conferindo à pesquisa, um caráter inovador, de acordo com as aplicações desejadas, através de modificações dos parâmetros de preparação. Por fim vale ressaltar que as nanopartículas sintetizadas apresentaram grande potencialidade para aplicações em hipertermia magnética.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - ANA LUCIA DANTAS - UERN
Presidente - 1300987 - CARLOS ALBERTO PASKOCIMAS
Externo à Instituição - JOÃO MARIA SOARES - UERN
Externo ao Programa - 1674707 - MARCO ANTONIO MORALES TORRES
Externo ao Programa - 1675199 - SUZANA NOBREGA DE MEDEIROS
Notícia cadastrada em: 11/03/2014 09:27
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2021 - UFRN - sigaa23-producao.info.ufrn.br.sigaa23-producao