Banca de QUALIFICAÇÃO: CAROLINA NICÁCIA OLIVEIRA DA ROCHA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : CAROLINA NICÁCIA OLIVEIRA DA ROCHA
DATA : 21/10/2021
HORA: 14:00
LOCAL: Plataforma Google Meet
TÍTULO:

PRÁTICAS DE LETRAMENTO MOBILIZADAS EM SALA DE AULA VIRTUAL POR DOCENTES DA EDUCAÇÃO BÁSICA DA REDE FEDERAL


PALAVRAS-CHAVES:

Letramento do professor; Agir docente; Ensino remoto


PÁGINAS: 107
RESUMO:

Frente ao novo cenário mundial, marcado pela Pandemia ocasionada pelo novo Coronavírus – Covid-19 - (Sars-CoV-2), a internet se tornou uma ferramenta essencial para todos, inclusive para os profissionais da educação ministrarem suas aulas no formato remoto. Nesse cenário desafiador, ter como objeto de pesquisa a sala de aula virtual é instigante. Perante esse fenômeno, traçamos como objetivo geral discutir as práticas de letramento de professores do ensino médio integrados à educação profissional no ensino remoto. Ancorada na Linguística Aplicada, com base na abordagem qualitativa (BOGDAN; BIKLEN, 1994), de teor etnográfico (PAIVA, 2019), esta pesquisa tem como colaboradores três professores do Instituto Federal da Paraíba, campus Campina Grande-PB, e como instrumentos de pesquisa notas de campo, questionário e material didático (exercícios e slides) disponibilizado na sala de aula virtual pelos nossos colaboradores. Adotamos como referencial teórico o conceito de letramento e seus elementos constituintes, como eventos, práticas e agentes (STREET, 1993, 2001, 2003, 2013; HEATH, 1982; HAMILTON 2000; KLEIMAN, 1995, 2001); a noção de gestos docentes (MESSIAS; DOLZ, 2015; NASCIMENTO, 2011); a abordagem da pedagogia crítica e bancária (FREIRE, 1987; FREIRE; MACEDO, 1990; GIROUX, 1990; McLAREN, 2005) e, por fim, a educação no ensino remoto (ARRUDA, 2020; HODGES et al. 2020). Ao explorar os dados, evidenciamos por ora as categorias apresentadas por Hamilton (2000), a saber: elementos visíveis – participantes, ambientes, artefatos e atividades; e elementos não visíveis – participantes ocultos, domínios, recursos e rotinas. A análise dos dados gerados apontou para a mobilização por parte dos professores de práticas de leitura, de escrita e de oralidade no efetivo trabalho docente, no ensino remoto. Para construir e fazer compreender os objetos de estudo no processo de ensino aprendizagem, nossos colaboradores se utilizaram de gestos didáticos. A análise revela também a identidade de professor em processo de construção.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 332207 - MARIA DO SOCORRO OLIVEIRA
Interna - 322.525.604-87 - IVONEIDE BEZERRA DE ARAÚJO SANTOS MARQUES - IFRN
Externa ao Programa - 1929360 - ANA VIRGINIA LIMA DA SILVA ROCHA
Externa à Instituição - MARIA AUGUSTA GONÇALVES DE MACEDO REINALDO - UFCG
Notícia cadastrada em: 07/10/2021 15:37
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa11-producao.info.ufrn.br.sigaa11-producao