Banca de DEFESA: MÁRCIA REGINA MENDES SANTOS

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : MÁRCIA REGINA MENDES SANTOS
DATA : 12/04/2021
HORA: 09:00
LOCAL: Plataforma Google Meet
TÍTULO:

Letramentos: Estágio Supervisionado II em espaços educativos não escolares – projetos de letramento, agência e transformação social


PALAVRAS-CHAVES:

Estágio Curricular Supervisionado. Formação docente. Projetos de letramento. Espaços educativos não escolares.


PÁGINAS: 203
RESUMO:

O estágio é um espaço de investigação, reflexão e (re)construção de saberes e identidades. O objeto de estudo desta pesquisa, foi o Estágio Curricular Supervisionado II do curso de Letras da Universidade do Estado da Bahia (UNEB) que procurou ressignificar as práticas docentes, a partir da implementação de projetos de letramento em espaços educativos não escolares Nele, focalizam-se os projetos de letramento utilizados pelos estagiários na referida disciplina, observando o potencial desses dispositivos, especialmente nos processos de transformação revelados nesse trabalho docente. Teoricamente, a pesquisa está apoiada nos estudos do letramento de perspectiva etnográfica (STREET, 1984; BARTON, HAMILTON, 1993, 1998; KLEIMAN, 1995, 2000, 2006),  nas reflexões sobre o conceito de projeto de letramento, entendido como um dispositivo didático que pode contribuir para o redimensionamento das práticas didáticas e para o reposicionamento identitário do professor (OLIVEIRA, 2008; OLIVEIRA,  TINOCO, SANTOS, 2011; OLIVEIRA, 2016) e nos estudos sobre formação e profissionalização docente (NÓVOA, 1995; TARDIF, 2002). Metodologicamente, assenta-se na abordagem qualitativa e interpretativista de pesquisa (MOITA-LOPES, 2006). Os dados foram gerados por estagiários da turma do VI semestre do curso de Letras, turno vespertino, 2018.1. São analisados 04 Projetos de Letramento implementados pelos estagiários e documentos por eles produzidos durante e depois da implementação dos projetos, p. ex., materiais didáticos, depoimentos acerca da interação em sala de aula, notas de observação participante em sala de aula, além dos memoriais produzidos pelos estagiários depois da disciplina. O estudo sinaliza que a prática dos projetos de letramento aponta para uma mudança de postura acadêmica do professor de Língua Portuguesa em formação inicial, bem como para possíveis ressignificações no processo de ensino-aprendizagem da língua materna, uma vez que os projetos de letramento estão sistematicamente associados à noção de problema e enfatizam o caráter emancipatório das práticas letradas, além da transformação agentiva dos seus participantes (OLIVEIRA, 2010). Com essa visão, o momento do estágio representou também um período de apropriação e reelaboração de conhecimentos, em que a reflexão sobre a prática constitui um movimento de busca do conhecimento teórico que possibilitou novas escolhas pedagógicas ao futuro professor. Foi um momento que favoreceu a elaboração dos saberes necessários à ação docente, considerando-se que é na relação entre a teoria e a prática que eles são construídos e ou reelaborados.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 332207 - MARIA DO SOCORRO OLIVEIRA
Interna - 322.525.604-87 - IVONEIDE BEZERRA DE ARAÚJO SANTOS MARQUES - IFRN
Externa ao Programa - 349683 - JOSILETE ALVES MOREIRA DE AZEVEDO
Externo à Instituição - COSME BATISTA DOS SANTOS - UNEB
Externa à Instituição - CÉLIA ZERI DE OLIVEIRA - UFPA
Notícia cadastrada em: 08/03/2021 15:16
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa20-producao.info.ufrn.br.sigaa20-producao