Banca de DEFESA: REBECCA CRUZ PINHEIRO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : REBECCA CRUZ PINHEIRO
DATA : 20/01/2021
HORA: 14:00
LOCAL: Videoconferência
TÍTULO:

Tomadas de posição em textos de graduandos da UFRN


PALAVRAS-CHAVES:

Tomadas de posição. Resenha crítica. Análise do discurso.


PÁGINAS: 110
RESUMO:

Nossa pesquisa surgiu do questionamento: “de que forma os alunos demonstram tomadas de posição em seus textos ao serem confrontados com artigos de divulgação científica/de opinião e as formações discursivas que o perpassam?”. A partir dessa questão de pesquisa, elaboramos como objetivo geral analisar, por meio de indícios linguísticos em suas produções textuais, como os alunos em semestres de entrada na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), em cursos fora do âmbito da formação em Letras, tomam posição frente ao texto trabalhado em sala, isto é, como eles realizam processos de identificação e contra-identificação. A fim de cumprir esse objetivo geral, desenvolvemos como objetivos específicos (1) interpretar como esses alunos realizam suas leituras do texto proposto, a partir dos indícios linguísticos ofertados pela resposta às questões e pela produção das resenhas críticas propostas no instrumento de pesquisa; e (2) analisar como os alunos realizam o processo de escritura das respostas às questões e da resenha crítica. A pesquisa filia-se à Análise do Discurso de linha francesa e fundamenta-se, principalmente, nos postulados de Pêcheux (2014) sobre as tomadas de posição. Partimos de uma abordagem qualitativa, seguindo o paradigma indiciário de Ginzburg (1989). Para aplicação da pesquisa, desenvolvemos quatro questões, em que a última se constituiu como uma proposta de produção de resenha crítica, sobre o texto “Poder e ética na pesquisa social” (DEBERT, 2003) e realizamos as coletas por meio do espaço cedido em disciplinas ofertadas pelo Departamento de Letras da UFRN para os cursos de Matemática, Enfermagem e Jornalismo. Como recorte metodológico, analisamos as respostas às questões e à produção das resenhas críticas de seis alunos, dois de cada coleta. Em nossas análises, percebemos que as tomadas de posição oscilam entre a identificação com discursos que privilegiam os interesses dos sujeitos de pesquisa, a identificação com discursos que conciliam os interesses de pesquisadores e sujeitos de pesquisa, e contra-identificações em relação a ambos discursos, estabelecendo alterações nesses discursos. No entanto, essas tomadas de posição, embora assumidas pelos alunos, muitas vezes ocorrem por meio da reprodução do texto-fonte, com construções muito semelhantes e até apropriações indevidas.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1673309 - SULEMI FABIANO CAMPOS
Externo à Instituição - ADRIANA SANTOS BATISTA - UFBA
Externo à Instituição - JOSÉ ANTÔNIO VIEIRA - UFMA
Externo à Instituição - THOMAS MASSAO FAIRCHILD - UFPA
Notícia cadastrada em: 19/01/2021 20:44
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa25-producao.info.ufrn.br.sigaa25-producao