Banca de QUALIFICAÇÃO: JARDIENE LEANDRO FERREIRA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : JARDIENE LEANDRO FERREIRA
DATA : 29/12/2020
HORA: 19:30
LOCAL: Ambiente virtual
TÍTULO:

IDENTIDADE DOCENTE E REPRESENTAÇÕES SOBRE O TRABALHO: UM ESTUDO COM PROFESSORES DO ENSINO BÁSICO, TÉCNICO E TECNOLÓGICO DO INSTITUTO FEDERAL DO SERTÃO PERNAMBUCANO  


PALAVRAS-CHAVES:

Identidades. Representações sociais. Letramento laboral docente. Ensino Básico, Técnico e Tecnológico. 


PÁGINAS: 60
RESUMO:

Este trabalho objetiva investigar como professores e professoras do Instituto Federal do Sertão Pernambucano (IF Sertão PE) constroem sua identidade docente e representam seu trabalho em eventos de letramento laboral. Metodologicamente, esta pesquisa está inserida na área inter e transdisciplinar da Linguística Aplicada (MOITA LOPES, 2006; 2013; SIGNORINI, 1998) e assume abordagem qualitativa (BOGDAN; BIKLEN, 1994; CHIZZOTTI, 2005) e etnográfica (BARTON, 2012). A geração de dados foi realizada em dois momentos distintos, tomados aqui como eventos de letramento (BARTON; HAMILTON, 2000): roda de conversa, realizada durante a programação do I Seminário Construindo sentidos no ambiente de trabalho, no IF Sertão PE, campus Salgueiro, e durante o Encontro Pedagógico do referido campus. Foi possível constituir, como corpus de análise, as transcrições de áudio e vídeo desses eventos, as notas de campo e algumas fotografias do lócus de pesquisa. Para compreender o fenômeno estudado em sua complexidade, a investigação está fundamentada teoricamente nos pressupostos dos Estudos do Letramento (KLEIMAN, 1995; KLEIMAN; ASSIS, 2016; STREET, 1995), nas contribuições das pesquisas sobre Letramento Laboral (PAZ, 2008), nas discussões em Ciências Sociais sobre identidades (HALL, 2011; BAUMAN, 2005; GIDDENS, 2012) e em Psicologia social sobre representações sociais (MOSCOVICI, 2013). A análise parcial dos dados permitiu perceber representações de docência ancoradas na formação inicial de professores e professoras; na necessidade de servir como referência/exemplo para os alunos; na experiência e comparação com ex-professores desses docentes e no sofrimento como fator de atravessamento. As identidades em construção desses docentes, por sua vez, aparecem em múltiplas facetas, manifestadas através de relações de poder (situação de prestígio) e de relações situadas de gênero, de raça e de fatores sociais e geográficos. A contribuição deste trabalho reside na compreensão de como docentes podem, por eles mesmos, (des)construir significados sobre o seu métier (BRONCKART, 2006) através de práticas letradas institucionais, na qualidade de professores do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico do Sertão Pernambucano.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1674285 - ANA MARIA DE OLIVEIRA PAZ
Externa ao Programa - 349683 - JOSILETE ALVES MOREIRA DE AZEVEDO
Externo ao Programa - 1168647 - MARIO LOURENCO DE MEDEIROS
Externa à Instituição - FRANCISCA MARIA DE SOUZA RAMOS LOPES - UERN
Notícia cadastrada em: 21/12/2020 08:39
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa19-producao.info.ufrn.br.sigaa19-producao