Banca de DEFESA: VALNECY OLIVEIRA CORRÊA SANTOS

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : VALNECY OLIVEIRA CORRÊA SANTOS
DATA : 14/09/2020
HORA: 14:00
LOCAL: Videoconferência
TÍTULO:

ESCRITA E ACONTECIMENTO DISCURSIVO: uma análise discursiva do processo formativo do professor em dissertações do ProfLetras


PALAVRAS-CHAVES:

Escrita acadêmica. Acontecimento discursivo. Formação docente. Proposta de Intervenção. ProfLetras.


PÁGINAS: 207
RESUMO:

Este trabalho apresenta um estudo sobre a escrita acadêmica, compreendida como parte constitutiva do processo de formação de professores. O objeto da investigação é a escrita de dissertações do Programa de Mestrado Profissional em Letras (ProfLetras), com enfoque na forma como o sujeito incorpora teorias e práticas às atividades de pesquisa e intervenção. Questiona-se: como a escrita pode revelar dados acerca do sujeito professor e de seu processo formativo? Parte-se da hipótese de que, ao desenvolver uma pesquisa e propor uma intervenção na realidade escolar, o sujeito precisa considerar os dados presentes no universo investigado, apropriar-se de teorias e mobilizá-las para fundamentar a prática. A escrita permite realizar esses movimentos. Para responder à pergunta de pesquisa, respondemos antes a outros três questionamentos, quais sejam: Diante do desafio de propor uma intervenção na realidade escolar, ao escrever uma dissertação de mestrado no ProfLetras, de que forma o sujeito articula a realidade observada, a teoria e o método de ensino utilizados para fundamentar o trabalho de intervenção? Como o sujeito, frente ao imperativo de desenvolver uma intervenção na realidade, define o objeto de ensino a ser utilizado? Como se constitui a intervenção nas dissertações do ProfLetras (DP)? O corpus utilizado para investigação é constituído por trinta DP produzidas nas diferentes regiões do Brasil. A análise objetiva investigar a constituição do sujeito professor mestre em Letras no processo formativo vivido no ProfLetras. Tem-se como objetivos específicos: discutir a forma como o sujeito articula as partes constituintes de uma dissertação ao propor uma intervenção na realidade escolar; apontar, a partir da análise da escrita de DP, os processos discursivos presentes na constituição do objeto de ensino de língua portuguesa; analisar os processos discursivos que constituem o discurso da intervenção em dissertações do ProfLetras. A análise do corpus busca depreender o discurso a partir da materialidade textual. Utilizam-se, como fundamentos teóricos, os postulados de Pêcheux para a leitura em Análise do Discurso (2009, 2014, 2015), bem como o método de Análise Relacional proposto por Apple (1982). As análises permitiram depreender que as DP apoiam-se em diferentes teorias, mas apresentam intervenção com estruturas similares, nas quais há a presença de uma lógica do consenso acerca do objeto e do método de ensino-aprendizagem; as dificuldades dos alunos em leitura e escrita que sustentam a elaboração da intervenção não provêm de um diagnóstico da realidade escolar, mas de um discurso anterior ao processo de elaboração, marcando, nos deslocamentos da escrita, o acontecimento discursivo; o discurso da intervenção aponta o professor como sujeito não agente ou pouco agente no ensino de língua portuguesa, indicando ser necessário intervir na prática docente; a escrita das DP não traz marcas de apropriação teórica, a teoria é reiterada, ficando seu uso restrito a um protocolo da escrita acadêmica, o que impede sua mobilização para a prática docente. O sujeito-responsável apresenta-se, na escrita das DP, como um sujeito dividido entre as posições de professor e de pesquisador. Essa divisão é dicotômica, o que impede a constituição de um sujeito professor-pesquisador. 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1673309 - SULEMI FABIANO CAMPOS
Interna - 1149420 - MARIA DA PENHA CASADO ALVES
Externa à Instituição - IVEUTA DE ABREU LOPES - UFPI
Externa à Instituição - MARINALVA VIEIRA BARBOSA - UFTM
Externo à Instituição - VALDIR HEITOR BARZOTTO - USP
Notícia cadastrada em: 14/08/2020 15:51
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa05-producao.info.ufrn.br.sigaa05-producao