Banca de QUALIFICAÇÃO: RICARDO ALEXANDRE PEIXOTO BARBOSA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : RICARDO ALEXANDRE PEIXOTO BARBOSA
DATA : 29/11/2019
HORA: 09:00
LOCAL: Auditório 4 do Instituto Ágora
TÍTULO:

O papel discursivo dos enunciados proverbiais e détournements/desvios na materialidade das formações discursivas


PALAVRAS-CHAVES:

Enunciados proverbiais. Imitação. Heterogeneidade. Polifonia. Formações discursivas.


PÁGINAS: 143
RESUMO:

No âmbito da Análise do Discurso, as pesquisas voltadas para a distinção das Formações Discursivas e a relação interdiscursiva não privilegiam o estudo e a análise do gênero proverbial e tampouco se assentam sobre o estudo da heterogeneidade enunciativa e polifonia dos enunciados proverbiais e dos détournements/desvios, os quais são reflexo do lugar que o sujeito ocupa em uma dada estrutura social. As coerções e antagonismos perceptíveis nas vozes que assomam nos provérbios populares e nos détournements/desvios situam o sujeito discursiva e ideologicamente. Nesse sentido, nesta pesquisa analisamos os provérbios e os détournements/desvios em seu contexto de uso, com a finalidade de aferir a sua participação e relevância nas Formações Discursivas. Nossa questão de pesquisa refere-se ao contributo dos provérbios populares e détournements/desvios na materialidade das FDs, apoiando-nos na hipótese de que os enunciados proverbiais, proferidos por um enunciador genérico-ON, guardam relação estreita com a ideologia dominante, permitindo, por seu caráter polifônico e heterogêneo, a distinção das FDs que perpassam um dado campo discursivo. Outrossim, os détournements/desvios representam uma espécie de militância/oposição ideológica, sobretudo nos casos de subversão. A contribuição dos provérbios e détournements/desvios para a materialidade discursiva é, portanto, ideológica. Nosso objetivo geral é distinguir qual o contributo dos provérbios populares e détournements/desvios na materialidade das FDs. Especificamente, procuramos analisar a imitação dos enunciados proverbiais – captação e subversão; analisar a heterogeneidade e polifonia dos provérbios e détournements/desvios; e distinguir as formações discursivas em que os enunciados proverbiais e détournements/desvios se inscrevem. Para tanto, nosso aporte teórico é constituído por Maingueneau (1997; 2001; 2008; 2010; 2014; 2015; 2016), Foucault (2008), Althusser (1985), Pêcheux (1969; 1997), Authier-Revuz (1990), Ducrot (1987), Mussalim (2016), dentre outros. A pesquisa é de natureza qualitativa, com suporte quantitativo, na qual são analisados enunciados proverbiais e détournements/desvios extraídos das páginas do Facebook do “Brasil 247” e de “O Antagonista”. Metodologicamente, nossa pesquisa obedeceu a momentos/processos distintos: 1. tabulação de comentários com enunciados proverbiais coletados nas fontes de coleta supramencionadas; 2. relação integral dos provérbios, détournements/desvios e frases destacáveis coletados, distinguindo seu significado, possíveis variações e indexações; 3. categorização dos détournements/desvios – captação e subversão; 4. tabulação dos enunciados proverbiais e/ou détournements/desvios aspeados, visando à aferição/distinção das implicações do uso das aspas, um exemplo de heterogeneidade mostrada marcada; e 5. aplicação dos princípios de Ducrot (1987), observando particularmente os casos de negação e de pressuposição, de maneira a distinguirmos, em um mesmo enunciado, a emergência de mais do que uma voz. Como resultado preliminar, avançamos que os enunciados proverbiais e détournements/desvios contribuem para a materialidade das FDs na medida em que são o que Réboul (1975, p. 123, grifo do autor) chama de “éclat de ideologia”. Eminentemente ideológicos e argumentativos, transparecem nitidamente as fronteiras entre o interior e exterior próprio dos discursos, possibilitando o vislumbre das regularidades das formações discursivas.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1720830 - MARCELO DA SILVA AMORIM
Interno - 337223 - JOAO GOMES DA SILVA NETO
Externa à Instituição - CELIA MARIA MEDEIROS BARBOSA DA SILVA - UnP
Notícia cadastrada em: 11/11/2019 10:22
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa13-producao.info.ufrn.br.sigaa13-producao