Banca de DEFESA: FLAVIA ELIZABETH DE OLIVIERA GOMES

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : FLAVIA ELIZABETH DE OLIVIERA GOMES
DATA : 08/11/2019
HORA: 15:00
LOCAL: Auditório C - CCHLA
TÍTULO:
AS REPRESENTAÇÕES DISCURSIVAS DE SI E DOS OUTROS EM ACORDO DE COLABORAÇÃO PREMIADA

PALAVRAS-CHAVES:

Linguística de texto. Análise Textual dos Discursos. Representações textual-discursivas. Delação premada.


PÁGINAS: 170
RESUMO:
Neste trabalho, objetiva-se examinar como se (re)constroem as representações discursivas das associações e organizações criminosas num corpus da esfera jurídica, a saber, o Acordo de Colaboração Premiada do ex-senador Delcídio do Amaral Gomez, para a Operação Lava Jato. Esta ação gera amplo interesse na sociedade, uma vez que o gênero Acordo de Colaboração Premiada aparece com destaque no cenário atual jurídico, político e midiático, justificando a atenção e a relevância no campo das pesquisas científicas da linguagem. De forma específica, pretende-se identificar, descrever, analisar e interpretar os recursos e estratégias linguísticas que o colaborador utiliza argumentativamente para (re)construir as representações discursivas (imagens) de si, dos alocutários e dos temas tratados. O referido corpus é acompanhado de 21 (vinte e um) termos de colaboração do colaborador, documentados mediante um registro audiovisual contido em mídia digital, colhidos entre os dias 11 e 14 de fevereiro de 2016, em Brasília, por membros do Ministério Público da União e estão disponíveis online em sítios de domínio público. Este estudo está vinculado ao grupo de pesquisa da Análise Textual dos Discursos (ATD/UFRN), segundo os pressupostos de Adam (2011[2008]), mais precisamente aos aspectos relacionados à dimensão semântica do texto, bem como à Lógica Natural de J.-B. Grize (1996[1990]). Para tanto, foram eleitas como categorias de análise a referenciação e a predicação. Como hipótese de trabalho, apresenta-se o fato de que essas categorias possibilitam analisar e interpretar a elaboração das imagens dos autores, coautores e partícipes revelados na citada colaboração. O estudo também dialogou com o aporte teórico da Linguística Textual (MONDADA; DUBOIS, 2003; KOCH, 2002; MARCUSCHI, 2005), além das contribuições de Neves (2006, 2011). O enfoque metodológico é bibliográfico, documental, descritivo, interpretativo e qualitativo. Nessa direção, esta pesquisa consiste na análise do funcionamento das categorias sintático-semânticas de construção de representações discursivas em uma dimensão argumentativa. Os resultados iniciais indicam que as representações discursivas circunscrevem o processo de esquematização de construção e/ou interpretação, embora parcial e seletiva, de uma realidade numa dada materialidade textual, estando, ademais, inseridas em um quadro interativo, dialógico e argumentativo.

MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 349707 - LUIS ALVARO SGADARI PASSEGGI
Interna - 349685 - MARIA DAS GRACAS SOARES RODRIGUES
Externa ao Programa - 3351562 - CELIA MARIA DE MEDEIROS
Externo ao Programa - 1168647 - MARIO LOURENCO DE MEDEIROS
Externo à Instituição - ANANIAS AGOSTINHO DA SILVA - UFERSA
Externa à Instituição - MARIA ELIETE DE QUEIROZ - UERN
Notícia cadastrada em: 01/11/2019 15:11
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa25-producao.info.ufrn.br.sigaa25-producao