Banca de QUALIFICAÇÃO: GLÊNIO MORAIS RÉGIS

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : GLÊNIO MORAIS RÉGIS
DATA : 30/09/2019
HORA: 09:00
LOCAL: A definir
TÍTULO:

O LETRAMENTO DIGITAL DO PROFESSOR DA EDUCAÇÃO BÁSICA POR MEIO DOS RECURSOS INTERACIONAIS DO SIGEDUC


PALAVRAS-CHAVES:

Letramento Digital. Formação Docente. Recursos Interacionais. SIGEDUC.


PÁGINAS: 65
RESUMO:

No contexto educacional brasileiro, nos últimos anos, os ambientes virtuais de aprendizagem (AVA) têm contribuído para tornar a prática do Letramento Digital uma realidade nas instituições de ensino. Dessa forma, docentes e discentes passaram a ter acesso a softwares criados para favorecer a interação escolar e extraescolar. No entanto, nem todos os professores aderiram ao uso dessa tecnologia, seja por resistência, seja falta de cursos de formação continuada capazes de orientar para a relevância e benefícios que a utilização das tecnologias da informação e Comunicação (TIC) podem gerar ao trabalho docente e à interação com alunos. Pensando nisso, procuramos, com base em diagnóstico, realizado junto aos professores da educação básica da rede estadual de ensino vinculados à 9ª Diretoria Regional de Educação (DIREC), planejar e aplicar Projeto Didático de Gêneros (PDG) com vistas a atenuar as dificuldades e resistências quanto ao uso das ferramentas interacionais do Sistema Integrado de Gestão da Educação (SIGEDUC). A partir dessa realidade, a presente pesquisa tem por objetivo investigar as contribuições da aplicação do PDG para a melhoria do letramento digital do professor no tocante ao aproveitamento cotidiano das ferramentas interativas oferecidas pelo referido sistema para a sua atuação docente. Metodologicamente, esta investigação se insere nas orientações da Linguística Aplicada (ALMEIDA FILHO, 2007; MOITA LOPES, 1996, 2009; PENNYCOOK, 2009), uma vez que que esse campo apresenta “legibilidade dos fatos sociais, que têm a linguagem como fator primordial” (MOITA LOPES, 2009). Além disso, caracteriza-se como pesquisa-ação (THIOLLENT, 2002) de vertente etnográfica (CHIZZOTTI, 2014) com abordagem de dados qualitativa (BODGAN, BIKLEN, 1994). Em termos aportes teóricos, buscamos fundamentar as discussões e práticas nos aportes dos Estudos de Letramento (KLEIMAN, 1995; BAYNHAM, 1995; OLIVEIRA, 2008; BARTON & HAMILTON, 1998), especificamente, no que diz respeito ao Letramento Digital (SOARES, 2002; BUZATO, 2006; COSCARELLI; RIBEIRO, 2007; LANKSHEAR & KNOBEL, 2008) e à formação docente (ARAÚJO, 2009, COSCARELLI; RIBEIRO, 2016). A proposta interventiva  se configura como curso de formação semipresencial elaborado nos moldes do Projeto Didático de Gênero (MAGALHÃES, KERSCH, 2012, 2014) e centra foco na utilização dos recursos interacionais do SIGEDUC na perspectiva de fornecer subsídios capazes de desconstruir dificuldades e resistências que impossibilitam o professor de lançar mão dos recursos digitais para implementar suas práticas docentes e dinamizar suas interações com os alunos e demais membros da gestação escolar.

 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1674285 - ANA MARIA DE OLIVEIRA PAZ
Interna - 322.525.604-87 - IVONEIDE BEZERRA DE ARAÚJO SANTOS MARQUES - IFRN
Externo ao Programa - 1451653 - ALEXANDRO TEIXEIRA GOMES
Notícia cadastrada em: 25/09/2019 15:49
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa21-producao.info.ufrn.br.sigaa21-producao