Banca de QUALIFICAÇÃO: EUCLIDES MOREIRA NETO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : EUCLIDES MOREIRA NETO
DATA : 30/11/2017
HORA: 09:00
LOCAL: CCHLA - Auditório C
TÍTULO:

REPRESENTAÇÕES TEXTUAL-DISCURSIVAS DE ESTERHAZY E DE DREYFUS EM “J’ACCUSE!


PALAVRAS-CHAVES:

Representações textual-discursivas. Linguística Teórica e Descritiva. Estudos Linguísticos do Texto. Texto argumentativo. “J’Accuse!”.


PÁGINAS: 214
RESUMO:

Esta dissertação apresenta a pesquisa “Representações textual-discursivas de Esterhazy e de Dreyfus em “J’Accuse!”, efetuada na dimensão semântica do texto “Eu acuso!”, de Émile Zola. Trata-se de uma pesquisa em que se estudam as Representações textual- discursivas dos sujeitos que polarizam a crônica do “caso Dreyfus”. A pesquisa vincula-se à área de estudo da Linguística Teórica e Discursiva, na linha dos Estudos Linguísticos do Texto e é dirigida por três questões: 1) como é dada a construção das Rtd em “J’Accuse!”?; 2) qual o papel das Rtd de Esterhazy e de Dreyfus na construção da orientação argumentativa em “J’Accuse!”? Para a Linguística de Texto e para a Análise Textual dos Discursos, esta pesquisa é importante por ter-se praticado análise textual a partir de texto histórico conforme a proposta de Adam (2011) na utilização dos níveis para análise do texto. O objetivo geral da pesquisa é identificar para analisar e interpretar as Rtd de Esterhazy e de Dreyfus observando as sequências textuais em que se inserem, a categoria de análise que viabiliza sua análise e a interpretação dos sentidos visando ao(s) sentido(s) destas Rtd no texto. A metodologia utilizada é de natureza qualitativa, com objetivos descritivos e com procedimentos técnicos por documentação indireta. Em sua construção utilizou-se o método do estudo de caso. Como resposta à primeira questão, conclui-se que, quanto à recorrência das Rtd na modificação, a expectativa não se confirmou: as Rtd foram enunciadas muito mais por referenciação e por predicação do que por modificação; respondendo-se à segunda questão,  indica-se que as Rtd antecipam-se a argumentação e também dão-se na própria argumentação. Como trabalho acadêmico, dentre outras contribuições, a pesquisa prova a eficiência da “teoria da produção co(n)textual de sentido” embasada em textos “concretos” e, confirma a proposta de Adam (2011) para a Análise textual dos Discursos como método viável.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 349707 - LUIS ALVARO SGADARI PASSEGGI
Interno - 349685 - MARIA DAS GRACAS SOARES RODRIGUES
Interno - 1675404 - PAULO HENRIQUE DUQUE
Interno - 1673309 - SULEMI FABIANO CAMPOS
Externo ao Programa - 2916579 - LUCELIO DANTAS DE AQUINO
Externo ao Programa - 1168647 - MARIO LOURENCO DE MEDEIROS
Notícia cadastrada em: 22/11/2017 11:14
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa09-producao.info.ufrn.br.sigaa09-producao