Banca de DEFESA: THIAGO GONZAGA DOS SANTOS

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : THIAGO GONZAGA DOS SANTOS
DATA : 25/07/2017
HORA: 14:30
LOCAL: Auditório C
TÍTULO:

TEMPO E MEMÓRIA NAS OBRAS CORPO BREVE E OS PÁSSAROS DA MEMÓRIA, DE DIÓGENES DA CUNHA LIMA



PALAVRAS-CHAVES:

Poesia. Tempo. Memória. Diógenes da Cunha Lima.


PÁGINAS: 126
RESUMO:

                                                                                                            

 

Esta pesquisa foi pensada com o intuito de oferecer uma leitura crítica e analítica da memória e do tempo nos livros Corpo Breve (1980) e Os Pássaros da Memória (1994), do poeta potiguar Diógenes da Cunha Lima. Na obra de Cunha Lima, o tempo da poesia não é um tempo cantado de maneira fixa ou relacionado a um prazo ou época, também não é um tempo histórico, com suas manifestações e contradições. Na visão do poeta, existe um tempo de memórias e reflexões, uma espécie de tempo interior que cada ser humano vivencia como seu. A obra Corpo Breve constitui-se de 53 poemas de temas diversos com foco na infância do eu lírico; já Os Pássaros da Memória é composto de oito longos poemas, fragmentados em 77 pequenas partes, todos apresentando o tempo como título e subdivididos como se fossem fragmentos da memória. O desenvolvimento da pesquisa apresenta uma abordagem teórica tanto acerca da poesia moderna quanto da memória de um modo geral, posteriormente, configurada nos limites do poema, apresentando também uma abordagem crítica, evidenciada na leitura de vários poemas. As obras O Ser e o Tempo na Poesia, de Alfredo Bosi (1983), Memória e Sociedade: Lembranças de Velhos, de Ecléa Bosi (1994), História e Memória, de Le Goff (1994), A Memória, a História, o Esquecimento, de Paul Ricoeur (2007), O Ser-Tempo, de André Comte-Sponville (2006), e Matéria e Memória de Henri Bergson (1999), juntamente com outras constantes das referências bibliográficas, constituíram-se em âncoras teóricas fundamentais para se discutir, na poesia de Diógenes da Cunha Lima, questões relacionadas à memória, na prática, enquanto exercida, e como fatos antigos ressurgem, com a temática do tempo, através do eu lírico. Trata-se de uma pesquisa de caráter reflexivo e interpretativo.

 

 

 

 

 

 

 

 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1299003 - DERIVALDO DOS SANTOS
Interno - 155.661.454-34 - HUMBERTO HERMENEGILDO DE ARAUJO - UFRN
Externo à Instituição - CASSIA DE FATIMA MATOS DOS SANTOS - UERN
Notícia cadastrada em: 26/06/2017 08:31
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa17-producao.info.ufrn.br.sigaa17-producao