Banca de DEFESA: SAMMY VIEIRA CARVALHO JUNIOR

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : SAMMY VIEIRA CARVALHO JUNIOR
DATA : 03/07/2017
HORA: 14:00
LOCAL: Auditório D do CCHLA
TÍTULO:

A representação do sujeito pronominal na fala de Natal/RN: um estudo de mudança em tempo aparente


PALAVRAS-CHAVES:

Sujeito pronominal; Teoria da Variação e Mudança; Teoria de Princípios e Parâmetros; Sociolinguística.


PÁGINAS: 110
RESUMO:

Este estudo utiliza os pressupostos teórico-metodológicos da teoria da variação e mudança linguística (cf. Weinreich, Labov; Herzog, 2006 [1968]; Labov, 2008 [1972]), segundo os quais toda mudança implica um período de variação passível de sistematização. Toma por base, também, estudos linguísticos sobre o sistema pronominal no português brasileiro (PB) (cf. Tarallo, 1978; Tarallo; Kato, 1989; Duarte, 1993, 1995, 2003, 2012, entre outros), assim como recorre à Teoria Gerativa, com a Teoria dos Princípios e Parâmetros (CHOMSKY, 1981, 1995). Tendo em vista tal perspectiva teórica, esta dissertação tem por tema o fenômeno variável da representação do sujeito pronominal, objetivando investigar a representação do sujeito pronominal na fala de Natal/RN. O corpus está constituído por 8 entrevistas de informantes socialmente estratificados, com 30 minutos de duração, do projeto FALA-Natal, levando em conta 4 diferentes faixas etárias e o sexo dos informantes no intuito de buscar indícios de mudança em tempo aparente (LABOV, 1994). Defendemos a hipótese de que a representação do sujeito pronominal na fala de Natal está passando por mudanças quanto ao preenchimento do sujeito pronominal, identificando-se a passagem de uma língua de sujeito nulo para uma de sujeito preenchido. Vários estudos linguísticos corroboram essa hipótese, considerando a fala e a escrita de diferentes regiões do Brasil em diferentes períodos (DUARTE, 1993, 1995, 2003, 2012; DUARTE, PAIVA, 2003; OLIVEIRA, 1989). Por meio da análise quantitativa e qualitativa dos dados coletados, os resultados mostram a mudança por que está passando o sistema pronominal na fala de Natal: a preferência do preenchimento do sujeito pelos informantes de faixa etária mais nova.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 021.613.369-67 - MARCO ANTONIO MARTINS - UFSC
Interno - 1451510 - MARIA ALICE TAVARES
Externo à Instituição - MARIA EUGÊNIA LAMIGLIA DUARTE - UFRJ
Externo à Instituição - SILVIA REGINA DE OLIVEIRA CAVALCANTE - UFRJ
Notícia cadastrada em: 12/06/2017 10:31
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa26-producao.info.ufrn.br.sigaa26-producao