Banca de QUALIFICAÇÃO: JANEIDE MAIA CAMPELO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : JANEIDE MAIA CAMPELO
DATA : 16/05/2017
HORA: 14:30
LOCAL: CCHLA
TÍTULO:

NOVOS CRIMES, VELHAS HISTÓRIAS: NELSON RODRIGUES RECONFIGURA ELECTRA


PALAVRAS-CHAVES:

Electra, Nelson Rodrigues, Comparação diferencial.


PÁGINAS: 51
RESUMO:

Os mitos gregos têm sido constantemente retomados na literatura moderna. Nomes como os de Ulisses, Orfeu e Electra têm figurado em obras que, mesmo ambientadas em contextos sócio-históricos diferentes daqueles aos quais esses mitos pertencem em sua forma clássica, recorrem a essas lendas gregas para, a partir delas, criarem novas narrativas, mais próximas às comunidades discursivas às quais esses autores pertencem. A retomada, por parte de cada autor, de uma personagem clássica, inserindo-a em novo contexto propicia também um novo viés de análise para os estudos comparativos em literatura. Pois possibilita uma análise que considere não só a narrativa, mas também as características sóciodiscursivas presentes nesses textos, que também devem ser compreendidos como novos. Nesta pesquisa, nossa perspectiva é analisar o mito de Electra, tal como aparece na trilogia Oréstia (458 a.C), de Ésquilo e sua retomada brasileira: a peça Senhora dos Afogados (1950), de Nelson Rodrigues. Nosso objetivo é mostrar como o dramaturgo brasileiro retoma o mito de Electra para reconfigurá-lo e, assim, contar uma nova história, mais pertinente ao Rio de Janeiro dos anos 1950. Para a realização de nossa análise, tomamos como base a Comparação diferencial e discursiva desenvolvida por Ute Heidmann (2003; 2010; 2012) e os estudos acerca da Análise do Discurso preconizada por Dominique Maingueneau (2006).


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1496892 - MARCIO VENICIO BARBOSA
Interno - 1550297 - ALEX BEIGUI DE PAIVA CAVALCANTE
Externo ao Programa - 1150483 - MARCOS CESAR TINDO BARBOSA
Notícia cadastrada em: 15/05/2017 13:46
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa17-producao.info.ufrn.br.sigaa17-producao