Banca de QUALIFICAÇÃO: JAMILE ALVES PEREIRA FAUSTINO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : JAMILE ALVES PEREIRA FAUSTINO
DATA : 23/02/2017
HORA: 09:00
LOCAL: Auditório 2 de Políticas Públicas
TÍTULO:

A RESPONSABILIDADE ENUNCIATIVA EM SEQUÊNCIAS ARGUMENTATIVAS DE TEXTOS PRODUZIDOS POR ALUNOS DO ENSINO MÉDIO


PALAVRAS-CHAVES:

Responsabilidade Enunciativa. Sequências argumentativas. Produção textual escrita


PÁGINAS: 41
RESUMO:

Esta pesquisa se insere nos estudos da Análise Textual dos Discursos (doravante ATD), proposta por Jean-Michel Adam (2011). A ATD oferece possibilidades de uma abordagem teórica e metodológica, no âmbito da Linguística Textual, em uma perspectiva interdisciplinar, considerando o quadro mais amplo da análise do discurso. Nessa direção, analisamos a Responsabilidade Enunciativa (RE), que constitui juntamente com a Coesão Polifônica, um dos oito níveis que o autor propõe para análise dos textos/discursos. O corpus se constitui de trinta (30) textos que apresentam a sequência argumentativa e foram produzidos por alunos do Ensino Médio de uma escola pública em Nova Cruz/RN. Nos referidos textos, objetivamos identificar, descrever e analisar marcas linguísticas da (não) assunção da RE. O quadro teórico, além de Adam (2008, 2010, 2011), inclui autores que estudam a Enunciação, entre eles Rabatel (2009, 2016), Guentchéva (1994, 1996, 2011); Authier–Revuz (2004). Igualmente, acompanhamos Bakhtin (2003); Koch (1998; 2009); Bentes (2008); Olbrechts-Tyteca (1996); Toulmin (2001); Charaudeau (2016); Marcuschi (2007) e Schneuwly e Dolz (1999). Rodrigues, Silva Neto, Passeggi (2010) e Rodrigues (2014) nos subsidiaram em relação à aplicação das propostas teóricas que adotamos nesta pesquisa oferecendo-nos suporte também metodológico sobre a Análise Textual dos Discursos, especialmente, no recorte sobre a Responsabilidade Enunciativa Na metodologia, descrevemos a pesquisa e o contexto de produção dos textos e as categorias de análise.  Os resultados preliminares apontam o uso da primeira pessoa do singular, o uso de verbos e advérbios com valor apreciativo ou opinativo, materializando, assim, assunção e engajamento enunciativo, nas redações, em zonas textuais das sequência argumentativas.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 349685 - MARIA DAS GRACAS SOARES RODRIGUES
Externo ao Programa - 1451653 - ALEXANDRO TEIXEIRA GOMES
Externo ao Programa - 3351562 - CELIA MARIA DE MEDEIROS
Notícia cadastrada em: 16/02/2017 07:57
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa26-producao.info.ufrn.br.sigaa26-producao