Banca de QUALIFICAÇÃO: THAYSE SANTOS ARIMATÉIA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : THAYSE SANTOS ARIMATÉIA
DATA : 30/01/2017
HORA: 14:00
LOCAL: SALA DA CHEFIA DO DEPARTAMENTO DE LETRAS
TÍTULO:

Conceitos teóricos e regência em sala de aula: pontos de análise no processo de formação docente do curso de Letras


PALAVRAS-CHAVES:

Relatório de estágio,  conceito teórico, paráfrase


PÁGINAS: 100
RESUMO:

Essa pesquisa é fruto das investigações feitas no Grupo de Pesquisa em Estudos do Texto e do Discurso – GETED e faz parte do projeto “A escrita sobre as práticas em licenciaturas do Brasil, da Costa Rica e de Honduras: registro, análise e produção de conhecimento” (CNPq 458449/2014-8). Propomos uma discussão sobre o processo de formação do professor a partir da escrita de relatórios de estágio de alunos do curso de Letras da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Consideramos como relatórios textos que consistem em registros de práticas de ensino, produzidos por alunos de licenciaturas nas atividades curriculares que envolvem práticas de docência, seja na forma de observação ou de regência. Dessa maneira, compreendemos que na elaboração dos relatórios, os futuros professores não são instruídos apenas a descrever o espaço escolar e as práticas educacionais, mas também, a interpretar os autores e conceitos que vão sustentar as atividades de ensino a serem desenvolvidas na prática docente. Elaboramos a seguinte questão de pesquisa: Qual a relação que os futuros professores estabelecem entre os conceitos teóricos, os relatos sobre as observações e as atividades de regência na escrita dos relatórios de estágio?   Temos como objetivos levantar quais conceitos teóricos os professores em formação utilizam para fundamentar os seus relatórios e analisar como o professor em formação articula determinado conceito teórico na fase de observação e nas atividades de regência na escrita do relatório de estágio de alunos de Letras. Como aporte teórico, destacamos o estudo de Pêcheux (1987) sobre a crítica ao óbvio; Fuchs (1985) sobre a constituição de paráfrases; Barzotto (2005), Fabiano (2012) e Fairchild (2012) sobre a formação do professor e a relação entre ensino e pesquisa nos cursos de Letras. O corpus é constituído por um conjunto de relatórios de estágio supervisionado de formação de professores que integram o banco de dados do projeto. Para a pesquisa utilizamos três conjuntos de quatro relatórios, totalizando 12 relatórios de estágio. Temos como hipótese  que é possível verificar por meio da escrita dos relatórios, quais são os conceitos teóricos utilizados  na fundamentação e como o professor em formação demonstra em seu discurso o perfil profissional de um acadêmico de Letras. Os destaques de autores e do referencial teórico funcionam como uma marca dos discursos a que o professor em formação teve acesso e dos sentidos construídos, segundo Pêcheux (1987) o sentido é produzido e reproduzido sócio-historicamente, ele está inscrito no sistema de reformulações, paráfrases e sinonímias. Fuchs (1985) destaca que esse sistema de reformulações envolve um trabalho de interpretação e a preocupação em como dizer algo em relação ao que outrora já foi dito.

 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1673309 - SULEMI FABIANO CAMPOS
Interno - 1149420 - MARIA DA PENHA CASADO ALVES
Externo à Instituição - THOMAS MASSAO FAIRCHILD - UFPA
Notícia cadastrada em: 14/12/2016 15:48
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa02-producao.info.ufrn.br.sigaa02-producao