Banca de QUALIFICAÇÃO: LANAIZA DO NASCIMENTO SILVA ARAÚJO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : LANAIZA DO NASCIMENTO SILVA ARAÚJO
DATA : 05/12/2016
HORA: 14:30
LOCAL: A definir
TÍTULO:

A NARRATIVA SOBRE O MAR: O UNIVERSO MARÍTIMO FICCIONAL DE MOACIR COSTA LOPES


PALAVRAS-CHAVES:

Romance marítimo, Moacir Lopes, Crítica integrativa.


PÁGINAS: 131
RESUMO:

Nenhum escritor brasileiro até então elegeu a temática marítima como centro de seu universo literário como fez o escritor cearense Moacir Costa Lopes. Em suas narrativas, existe a configuração de todo um contexto social marítimo através da apresentação da vida dos marinheiros, seus problemas e dificuldades e da vida em alto-mar. Além disso, as obras se caracterizam pela representação de um quadro histórico e social muito evidente, tais como: a Segunda Guerra Mundial, as cidades de Recife e Natal no período da guerra, a Revolta da Chibata, a Gripe Espanhola, etc. Sua obra traz assim um forte teor social atrelado a uma técnica narrativa densamente trabalhada que apresenta uma estruturação desconcertante, destacando a mistura entre vários tempos, a utilização de várias perspectivas narrativas, uma vasta representação de personagens com características ora tipificadas, ora mais complexas, bem como um espaço social e psicológico influenciador da vida dos seres que nele vivem. Na presente pesquisa, nosso objetivo é realizar um estudo de duas narrativas bem representativas da produção de Lopes que versam sobre o contexto marítimo, Maria de cada porto, seu primeiro romance, publicado em 1959, e Belona, latituade noite, seu sexto romance, publicado em 1968. Nosso método de análise baseia-se em uma abordagem dialética da crítica integrativa proposta por Antonio Candido (2006), que considera a dimensão formal e social do texto literário como integrantes de um mesmo processo analítico. Com esse estudo pretendemos realizar uma investigação em torno do contexto social representado no universo marítimo ficcional de Moacir Costa Lopes, vendo de que modo se internaliza na estrutura da obra, fazendo parte de um todo composicional.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1513790 - ANDREY PEREIRA DE OLIVEIRA
Externo ao Programa - 350490 - ANTONIO FERNANDES DE MEDEIROS JUNIOR
Externo ao Programa - 2312500 - MAURO DUNDER
Notícia cadastrada em: 23/11/2016 13:59
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa02-producao.info.ufrn.br.sigaa02-producao