Banca de QUALIFICAÇÃO: BETHANIA LIMA SILVA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: BETHANIA LIMA SILVA
DATA: 15/04/2016
HORA: 14:30
LOCAL: Aud. A -
TÍTULO:

 

 

 

 

Memórias: as cicatrizes do tempo


PALAVRAS-CHAVES:

 

 

 

PALAVRAS-CHAVE: América Latina, Eduardo Galeano, Graciliano Ramos, Memória, História.


PÁGINAS: 40
GRANDE ÁREA: Lingüística, Letras e Artes
ÁREA: Letras
SUBÁREA: Literatura Comparada
RESUMO:

O trabalho Memórias: as cicatrizes do tempo propõe-se a analisar de forma comparativa os livros São Bernardo, de Graciliano Ramos (1892 - 1953) e  Dias e noites de amor e de guerra, de Eduardo Galeano (1940 – 2015). Através dessas obras específicas, memórias e histórias que refletem os modos de viver e perceber o mundo demonstram que a América Latina parece estar vivendo uma mesma experiência literária, ao longo do século XX. O reflexo da obra de Graciliano Ramos, em muitos aspectos, parece ser o mesmo que sobressai da obra de Galeano nas histórias que conta através de seu jornalismo literário e memorialista. A história que foi vivida e sofrida e que aparece contada nos livros também está na memória do povo. Esse encadear de memória e realidade é o que motiva a comparação entre os livros, uma vez que entre os dois autores ocorre uma relação que ultrapassa as questões relativas à distinção de gênero literário: assim, vemos que, por um lado,  a “realidade” diversificada da América Latina que Eduardo Galeano apresenta em seu “jornalismo” parece ser o terreno amplo que  produz  a “literatura” de Graciliano, como se fosse sua raiz. Por outro lado, na “literatura” de Graciliano, como produto estético efetivamente anterior ao de Galeano, o pequeno mundo nordestino, fechado por sua rigorosa “construção ficcional”, ressoa o sentido de uma semente, a partir da qual o autor uruguaio retratará  a triste floração da “realidade” latino-americana. O respaldo teórico vai ser referendado pela literatura comparada, pela estética social e histórica através das obras de Antonio Candido, pelos aspectos memorialísticos ressaltados pelas marcas do tempo em Ecléa Bosi e pelos acontecimentos sócio-históricos apontados por Márcio Seligmann-Silva.

 

 

 

 

 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 028.795.518-46 - MARCOS FALCHERO FALLEIROS - UFRN
Interno - 1513790 - ANDREY PEREIRA DE OLIVEIRA
Externo ao Programa - 350490 - ANTONIO FERNANDES DE MEDEIROS JUNIOR
Notícia cadastrada em: 29/03/2016 08:12
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa05-producao.info.ufrn.br.sigaa05-producao