Banca de DEFESA: CHARLYENE SANTOS DE SOUZA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: CHARLYENE SANTOS DE SOUZA
DATA: 29/02/2016
HORA: 10:00
LOCAL: AUDITÓRIO B
TÍTULO:

FIOS CRUZADOS: MODERNIDADE E IRONIA NA POÉTICA DE JORGE FERNANDES


PALAVRAS-CHAVES:

Lírica. Modernidade. Ironia. Jorge Fernandes


PÁGINAS: 90
GRANDE ÁREA: Lingüística, Letras e Artes
ÁREA: Letras
SUBÁREA: Literatura Comparada
RESUMO:

Esta pesquisa realiza uma leitura do Livro de Poemas de Jorge Fernandes, obra do poeta norte-rio-grandense Jorge Fernandes (1887-1953), publicado na segunda década do século XX. Nosso objetivo é observar como as categorias da modernidade e da ironia se inscrevem, via representação ficcional, na obra em análise. Desse modo, a partir do entendimento da crítica integrativa (CANDIDO, 1976), que articula literatura e sociedade, investigamos as figurações da modernidade e suas implicações na poesia desse poeta, observando de que modo a ironia se inscreve como um expediente de linguagem capaz de problematizar a ordem social e cultural do contexto em que o autor e sua obra estão inseridos. Para tanto, tomamos as reflexões de Costa Lima (2003) e Merquior (1997) acerca das representações sociais na sociedade e na lírica; as noções de Berman (1986), Benjamin (1994; 2000) e de Habermas (2002) sobre a modernidade e suas implicações; e o pensamento de Kierkegaard (2003) e de Brait (2008), os quais discutem a ironia como conceito e enquanto discurso polifônico. A investigação da poesia de Jorge Fernandes, por meio do viés apresentado, revela uma lírica cujo teor social se caracteriza pela crítica à civilização moderna, identificada, muitas vezes, por meio de um discurso irônico, o qual sugere uma tensão nos seus versos desse poeta.

 

 

 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1299003 - DERIVALDO DOS SANTOS
Interno - 1675070 - JOSE LUIZ FERREIRA
Externo à Instituição - MARIA SUELY DA COSTA - UEPB
Notícia cadastrada em: 26/02/2016 10:04
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa18-producao.info.ufrn.br.sigaa18-producao