Banca de DEFESA: DIEGO MARTIN BRAVO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: DIEGO MARTIN BRAVO
DATA: 16/02/2016
HORA: 14:00
LOCAL: A definir
TÍTULO:

A AVALIAÇÃO DOCENTE NA CONSTRUÇÃO DA IDENTIDADE DO PROFESSOR UNIVERSITÁRIO DE ESPANHOL COMO LÍNGUA ESTRANGEIRA


PALAVRAS-CHAVES:

Avaliação Docente; Construção Identitária; Professor Universitário; Ensino de Espanhol


PÁGINAS: 200
GRANDE ÁREA: Lingüística, Letras e Artes
ÁREA: Lingüística
SUBÁREA: Lingüística Aplicada
RESUMO:

A atividade docente tem se tornado, nos últimos tempos, conscientemente complexa devido aos múltiplos elementos intervenientes no processo educativo. Ensinar parece ser mais do que dominar o conteúdo temático de uma dada disciplina e outras dimensões tornam-se significativas na composição do exercício da atividade docente. Inserindo-se no âmbito da Linguística Aplicada, esta pesquisa discute a construção da identidade do professor universitário a partir do diálogo com seus alunos e da própria autoavaliação docente na interação com seu contexto avaliativo institucional. Os participantes são professores e alunos do curso de Letras – Licenciatura em Língua Espanhola da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Como referencial teórico consideram-se, principalmente, os conceitos de avaliação de Dias Sobrinho (2010), Ristoff (2003), Archanjo (2010), bem como os conceitos de identidade inseridos na perspectiva dos estudos socioculturais na pós-modernidade de Hall (2006), Bauman (2005) e Bajoit (2009). No que concerne a avaliação da docência são considerados os diversos fatores condicionantes do processo de avaliação do professor segundo Moreira (1988) e Garduño (2000), assim como os estudos sobre alteridade (BAKHTIN, 2003) e sobre identidade profissional (DUBAR, 2005). O objetivo da pesquisa consistiu em analisar como a avaliação docente, como olhar externo, pode contribuir para a construção identitária do professor de nível superior. Optou-se por uma abordagem qualitativa-interpretativa de métodos mistos que permitisse a análise de dados quantitativos e qualitativos. O corpus foi constituído por uma base documental, a partir dos questionários de avaliação do docente, de suas notas médias e dos comentários discentes, além de entrevistas semiestruturadas com os docentes. A análise dos dados revelou uma ampla aceitação do espaço dialógico auxiliar proposto pela instituição, como elemento favorecedor de atitudes e práticas significantes na construção identitária docente, visibilizando a reflexividade e produtividade como elementos determinantes em seu desempenho institucional como professores formadores. A pesquisa conclui que a identidade docente se constrói basicamente no diálogo permanente entre os dois grupos de atores (alunos e professores), na procura do melhoramento da qualidade das ações educativas, na compreensão das relações interpessoais e no surgimento de novos diálogos.

 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2211871 - RENATA ARCHANJO
Interno - 1168633 - MARILIA VARELLA BEZERRA DE FARIA
Externo à Instituição - ILANE FERREIRA CAVALCANTE - IFRN
Notícia cadastrada em: 18/01/2016 08:46
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa26-producao.info.ufrn.br.sigaa26-producao