Banca de DEFESA: ELIS BETANIA GUEDES DA COSTA

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ELIS BETANIA GUEDES DA COSTA
DATA: 01/12/2015
HORA: 16:00
LOCAL: Auditório D / CCHLA
TÍTULO:

 

 

O PLANO DE TEXTO E AS MARCAS LINGUÍSTICAS DA RESPONSABILIDADE ENUNCIATIVA NO ARTIGO DE OPINIÃO DO VESTIBULAR 2010 DA UFRN



PALAVRAS-CHAVES:

 

 

 

Responsabilidade Enunciativa; Plano de Texto; Artigo de opinião; Vestibular.



PÁGINAS: 162
GRANDE ÁREA: Lingüística, Letras e Artes
ÁREA: Lingüística
SUBÁREA: Teoria e Análise Lingüística
RESUMO:

 

Com esta tese investigamos em redações produzidas pelo candidato ao vestibular 2010 da UFRN a (não) assunção de diferentes pontos de vista em zona textual de argumentação e de contra argumentação. Aos candidatos foi solicitada a produção de um Artigo de Opinião, abordando a polêmica em torno do uso das câmeras de segurança. O corpus desta pesquisa se constitui, pois, de 100 redações produzidas pelos candidatos ao vestibular 2010 da UFRN das diferentes áreas (humanística I, humanística II, tecnológica I, tecnológica II e biomédica). Para realizar nosso estudo, subsidiamo-nos em perspectivas teóricas postuladas por autores de diferentes teorias e correntes linguísticas que dialogam entre si. Nessa direção, acompanhamos Bakhtin (1995), Rabatel (2008 a, 2008 b), Guentchéva (1994, 1996, 2011) e Rodrigues, Passeggi e Silva Neto (2010), entre outros que se inscrevem no dialogismo, em teorias enunciativas, na análise do discurso e na linguística do texto. Esse conjunto de abordagens linguísticas orienta a Análise Textual dos Discursos (ADAM, 2011), que subsidia a análise dos dados, desta investigação.   No que diz respeito à metodologia, seguimos a abordagem qualitativa de natureza interpretativista.  Investigamos como o vestibulando, enquanto articulista, assume as informações veiculadas no seu artigo. Para tanto, nossa pesquisa buscou responder às seguintes questões: (1) Como o vestibulando organiza o discurso no que diz respeito à responsabilidade enunciativa? (2) Que marcas linguísticas nos levam a identificar as diferentes vozes presentes nos textos? (3) Como se apresenta o plano textual do gênero Artigo de Opinião? (4) Em que parte do plano textual se materializa a responsabilidade enunciativa? Nesse sentido, estabelecemos como objetivos identificar, descrever, analisar e interpretar as diferentes vozes presentes no texto e a forma como o aluno assume (ou não) os diferentes pontos de vista manifestados nas redações no momento da argumentação e da contra argumentação. De forma geral, os resultados revelam que a presença de marcas linguísticas (conectores, índices de pessoas, entre outras) constrói o grau de responsabilidade enunciativa do articulista, favorecendo o envolvimento e a assunção da responsabilidade enunciativa. 



MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 349685 - MARIA DAS GRACAS SOARES RODRIGUES
Interno - 349707 - LUIS ALVARO SGADARI PASSEGGI
Externo à Instituição - CELIA MARIA MEDEIROS BARBOSA DA SILVA - UNP
Externo à Instituição - MICHELINE MATTEDI TOMAZI - UFES
Externo à Instituição - SUELI CRISTINA MARQUESI - PUC - SP
Notícia cadastrada em: 26/10/2015 08:46
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa01-producao.info.ufrn.br.sigaa01-producao