Banca de QUALIFICAÇÃO: LARALIS NUNES DE SOUSA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: LARALIS NUNES DE SOUSA
DATA: 01/06/2015
HORA: 09:30
LOCAL: Auditório A - CCHLA
TÍTULO:

COMPLEXO IDENTIDADE: A CONSTRUÇÃO IDENTITÁRIA DE PROFESSORES DE LÍNGUA PORTUGUESA DOS COMPLEXOS BILÍNGUES DE REFERÊNCIA PARA SURDOS DE NATAL/RN


PALAVRAS-CHAVES:

Linguística Aplicada. Identidade docente. Educação de Surdos. Complexos Bilíngues de Referência para Surdos de Natal.Professores de Língua Portuguesa para Surdos.


PÁGINAS: 148
GRANDE ÁREA: Lingüística, Letras e Artes
ÁREA: Lingüística
SUBÁREA: Lingüística Aplicada
RESUMO:

No ano de 2010 na cidade de Natal, Rio Grande do Norte, realizou-se a implementação de um novo conceito institucional voltado para a educação de surdos, materializado nos Complexos Bilíngues de Referência para Surdos (CBRS), dez grupos de duas ou três escolas municipais, responsáveis pela Educação Infantil e Ensino Fundamental I e II, passíveis de ter até 50% de seu alunado constituído por alunos surdos. Dada a alcunha “bilíngue” do projeto, tem grande importância para sua realização não apenas os profissionais especializados na educação de surdos (como instrutores e intérpretes de Libras), mas os professores de Língua Portuguesa dessas instituições. Nesta pesquisa, o objeto são as identidades dos professores de Língua Portuguesa dos CBRS do município de Natal. Situados na área da Linguística Aplicada, temos por objetivo criar inteligibilidade sobre um problema social que tem a linguagem ocupando papel central, qual seja, a (re)configuraçãoidentitária por que têm passado os docentes em questão. O corpus da pesquisa se constitui de doze textos redigidos por esses profissionais sobre sua atuação nas referidas instituições. A análise que realizamos se constrói sobre os cinco tópicos mais recorrentemente encontrados nos relatos, quais sejam a formação inicial e continuada, as experiências docentes, os aspectos institucionais, os surdos e as sensações que permeiam sua atuação. Sob uma perspectiva qualitativo-interpretativista, realizamos a leitura e discussão dos dados tomando por base as concepções de linguagem e sujeito elaboradas pelo Círculo de Bakhtin (BAKHTIN, 2011; VOLOSHÍNOV/BAKHTIN, 2012); a noção de identidade cultural dos Estudos Culturais, com maior representação de Hall (2011, 2015), Woodward (2012) e Silva (2012); e as discussões sobre educação de surdos dos Estudos Surdos, com maior presença de Skliar (1997, 2010), Sánchez (1990) e Lane (1992, 2006).Nas falas dos professores, é possível identificar a fluidez e multiplicidade identitária de cada um deles. A despeito das diferenças que os constituem, seus discursos se tocam sobretudo pela reivindicação por oportunidades de formação e condições de atuação mais favoráveis ao processo de ensino-aprendizagem do aluno surdo.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1168633 - MARILIA VARELLA BEZERRA DE FARIA
Interno - 047.613.914-72 - MARIA BERNADETE FERNANDES DE OLIVEIRA - UFRN
Externo ao Programa - 1756133 - RITA DE CASSIA BARBOSA PAIVA MAGALHAES
Notícia cadastrada em: 18/05/2015 16:39
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa13-producao.info.ufrn.br.sigaa13-producao