Banca de DEFESA: JOSE WILSON PEREIRA DE AZEVEDO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JOSE WILSON PEREIRA DE AZEVEDO
DATA: 30/03/2015
HORA: 10:00
LOCAL: setor 2, bloco C, sala 4
TÍTULO:

A FLAUTA E O TRAPÉZIO: Um desconcerto político-literário na vida de José Gonçalves de Medeiros



PALAVRAS-CHAVES:

José Gonçalves; conto fantástico; modernidade; ideologia.


PÁGINAS: 125
GRANDE ÁREA: Lingüística, Letras e Artes
ÁREA: Letras
SUBÁREA: Literatura Comparada
RESUMO:

Estudo sobre o escritor norte-rio-grandense José Gonçalves de Medeiros (1919-1951), que fez incursões pela literatura fantástica na década de 1940 e início dos anos de 1950, publicando textos na imprensa potiguar e na pernambucana, quando o gênero fantástico ainda não dispunha de tradição em solo brasileiro. Visa fazer a apresentação do autor: a trajetória política, iniciada em Recife, no combate ao Estado Novo, a eleição de deputado estadual e as divergências com a UDN, até o seu fim trágico no acidente aéreo de Aracaju; a historiografia literária: registro dos primeiros passos, com publicações em Natal, até os novos voos na imprensa pernambucana; inserção no contexto histórico-literário em que o autor surgiu; inventário de publicações (em vida e póstumas) de seus textos: contos, crônicas, poemas e crítica literária; registro de cartas publicadas e inéditas, e sua contribuição para o estudo da história do autor e de seus textos literários; e recensão de textos publicados sobre o autor. Visa, ainda, analisar criticamente os contos do autor, inserindo-os no contexto histórico-literário em que foram produzidos. Para tanto, recorremos aos estudos críticos de CANDIDO (2010; 2011), ARRIGUCCI Jr. (1974), e GOULART (1995), que situam o surgimento do fantástico na literatura brasileira na década de 1940; MORAES (2007), sobre correspondência; BENJAMIN (1996), sobre cultura e modernidade; BORDIEU (2012), com ênfase no poder simbólico; ADORNO (2008), a arte e a percepção da ideologia; e SELIGMAN-SILVA (2013), os traumas causados pela guerra.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1299003 - DERIVALDO DOS SANTOS
Interno - 155.661.454-34 - HUMBERTO HERMENEGILDO DE ARAUJO - UFRN
Externo à Instituição - MARIA SUELY DA COSTA - UEPB
Notícia cadastrada em: 25/03/2015 15:22
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa21-producao.info.ufrn.br.sigaa21-producao