Banca de QUALIFICAÇÃO: VITORIA MARIA AVELINO DA SILVA PAIVA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: VITORIA MARIA AVELINO DA SILVA PAIVA
DATA: 16/12/2014
HORA: 09:00
LOCAL: Auditório "A" do CCHLA
TÍTULO:

A AVALIAÇÃO QUALITATIVA COMO UMA PROPOSTA PARA SE AVALIAR A LÍNGUA INGLESA NA ESCOLA PÚBLICA DE ENSINO MÉDIO


PALAVRAS-CHAVES:

Palavras-chave: Avaliação qualitativa; Ensino; Aprendizagem; Professores; Participação.

 


PÁGINAS: 110
GRANDE ÁREA: Lingüística, Letras e Artes
ÁREA: Lingüística
SUBÁREA: Lingüística Aplicada
RESUMO:

O presente trabalho de pesquisa divide-se em duas etapas: A primeira investiga a avaliação da aprendizagem de língua inglesa desenvolvida em onze escolas públicas de ensino médio de sete estados brasileiros: Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Pernambuco, Piauí e Rio Grande do Norte, por meio da colaboração dos professores dessas escolas, objetivando a construção de um perfil que nos indique como está sendo avaliada essa disciplina nas escolas pesquisadas. Após a construção do perfil, a segunda etapa da pesquisa volta-se para o município de João Câmara, no Rio Grande do Norte, para a realização de uma formação de professores de língua inglesa em uma proposta qualitativa de avaliação (SAUL, 1988; CANAN, 1996; DEMO, 2008) objetivando a análise da possibilidade de inserção dessa metodologia avaliativa para se avaliar a língua inglesa no ensino médio. Ao se diagnosticar e caracterizar o processo avaliativo de língua inglesa das escolas pesquisadas na primeira fase, identificando, entre outras coisas, as tendências avaliativas, os instrumentos e as representações que os professores concebem ao processo avaliativo, construímos o perfil da avaliação da aprendizagem dessa disciplina. Com a formação dos professores da segunda fase da pesquisa, foram analisadas vantagens e desvantagens da implementação da proposta de avaliação qualitativa, tomando como base seu aspecto principal, que é a inclusão da participação discente na construção do processo avaliativo (BROOKHART, 2008; SANT’ANNA, 2002; CANAN, 1996; BRASIL, 2013). Na condução do trabalho investigativo, fez-se uso da abordagem qualitativa de base etnográfica, fundamentando-se em autores como Bogdan e Biklen (1994), Mazzotti e Gewandsznajder (1998), Strauss e Corbin (2008), Nunan, (2007); Lankshear; Knobel (2008), entre outros. Ao tratar da avaliação da aprendizagem de língua inglesa (ALMEIDA FILHO, 1993; CANAN, 1996; SCARAMUCCI, 2009; SILVA PAIVA, 2012) esta pesquisa considera que existe uma necessidade de se estudar propostas avaliativas mais responsivas aos objetivos e à dinamicidade do ensino de línguas estrangeiras. (WEEDEN; WINTER; BROADFOOT, 2002; SILVA PAIVA, 2012; BRASIL, 2013). Considera também que a avaliação qualitativa é uma proposta viável para a condução da avaliação da aprendizagem em língua inglesa porque possui aspectos flexíveis que podem favorecer o ensino e a aprendizagem do idioma. Assim, este estudo apresenta possibilidades para a realização do processo avaliativo, considerando aspectos como: Participação estudantil nas decisões escolares, diversidade de instrumentos avaliativos, enfoque progressivo das habilidades linguístico-comunicativas e feedback como fatores que podem agregar qualidade ao processo de ensino-aprendizagem-avaliação de idiomas.

 

 

 

 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2194174 - ANA GRACA CANAN
Interno - 337223 - JOAO GOMES DA SILVA NETO
Interno - 1720830 - MARCELO DA SILVA AMORIM
Externo à Instituição - SILVANO PEREIRA DE ARAÚJO - UERN
Notícia cadastrada em: 15/12/2014 14:14
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa26-producao.info.ufrn.br.sigaa26-producao