Banca de QUALIFICAÇÃO: ERICA POLIANA NUNES DE SOUZA CUNHA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ERICA POLIANA NUNES DE SOUZA CUNHA
DATA: 19/11/2014
HORA: 15:00
LOCAL: AUDITÓRIO E - CCHLA
TÍTULO:

PRODUÇÃO TEXTUAL NO LIVRO DIDÁTICO DE LÍNGUA PORTUGUESA: CONTRIBUIÇÕES PARA TORNAR-SE AUTOR?`


PALAVRAS-CHAVES:

Livro didático - produção de texto -  autoria


PÁGINAS: 55
GRANDE ÁREA: Lingüística, Letras e Artes
ÁREA: Lingüística
SUBÁREA: Lingüística Aplicada
RESUMO:

A ideia já foi inventada. A história já foi contada. As palavras já foram ditas. Na contemporaneidade, tudo, aparentemente, sobre tudo já foi dito, pois nenhum discurso é adâmico. Na era do copiar e colar e em que se tem mais, asseveradamente, embates acerca da ética do não plagiar, discutir o que é produzir enunciados autorais faz-se primordial. Essas inquietações, nesta pesquisa, são levadas para o cronotopo da sala de aula, onde a prática de ensino de língua materna, muitas vezes, não é encarada em seu processo histórico e interativo. Assim, como aponta Antunes (2003), ainda constatam-se várias pedras no meio do caminho da disciplina de português, como: o recorrente processo de aquisição da escrita, que ignora a interferência decisiva do sujeito aprendiz; e uma prática de uma escrita sem função, destituída de qualquer valor interacional, sem autoria e sem recepção, não conseguindo alcançar a intenção pretendida que é inter-relacionar a linguagem e o mundo, entre o autor e o leitor do texto. Pensando nisso, objetivamos analisar em que medida os documentos orientadores para o ensino (PCN, PCN+, OCN e PNLD) influenciam as propostas de escrita dos livros didáticos de Língua Portuguesa, destinados ao Ensino Médio, para uma escrita autoral dos alunos. Para tanto, baseamo-nos numa perspectiva teórica qualitativa-interpretativista, de cunho documental, e nos situamos na área da Linguística Aplicada. O corpus é constituído de 4 livros: 3 volumes destinados ao primeiro ano do ensino médio, e 1 volume único, sendo que dois pertencentes à década de 90 e os outros dois atualmente adotados, segundo o último edital do PNLD. A perspectiva teórica advém dos postulados do Círculo de Bakhtin no que concerne às concepções de linguagem dialógica, de enunciado concreto e autoria. 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1149420 - MARIA DA PENHA CASADO ALVES
Interno - 1673309 - SULEMI FABIANO CAMPOS
Externo à Instituição - CELIA MARIA MEDEIROS BARBOSA DA SILVA - UnP
Notícia cadastrada em: 04/11/2014 10:52
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa17-producao.info.ufrn.br.sigaa17-producao