Banca de DEFESA: RICARDO YAMASHITA SANTOS

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: RICARDO YAMASHITA SANTOS
DATA: 12/09/2014
HORA: 09:00
LOCAL: Setor II bloco F sala 4
TÍTULO:

A conceptuação da RAIVA na perspectiva da teoria cognitiva da Metáfora: uma análise da construção de sentido


PALAVRAS-CHAVES:

Linguagem. Metáfora. Cognição. Cultura. Construção


PÁGINAS: 144
GRANDE ÁREA: Lingüística, Letras e Artes
ÁREA: Lingüística
SUBÁREA: Teoria e Análise Lingüística
RESUMO:

O objetivo desta pesquisa é descrever e analisar, em corpus literário, o modo como conceptualizamos as emoções, em especial, a raiva. Utilizando os pressupostos da chamada Teoria Cognitiva da Metáfora, apresentaremos um panorama geral acerca da cognição da metáfora sob a base da Linguística Cognitiva e, de uma maneira mais aprofundada, analisaremos a conceptualização metafórica da raiva. A proposta de mente corporificada, predominante nas ciências cognitivas atuais, é basilar para estudos envolvendo a simulação mental. Pesquisas recentes demonstram que a metáfora é resultado de processamentos cognitivos que envolvem nossa percepção sensório-motora aliada a experiências socioculturais. A capacidade de construirmos, via frequência, padrões para nossas experiências é determinante para a nossa linguagem, inclusive para as construções metafóricas. Tais construções são resultantes de processamentos cognitivos que envolvem a articulação entre esquemas imagéticos e frames. Os esquemas imagéticos advêm de nossa experiência sensório-motora, que relaciona os limites de nosso corpo aos limites de nosso entorno, e os frames, por sua vez, advêm de nossa capacidade de armazenarmos eventos socioculturais. A construção metafórica é fruto dessa relação constante entre corpo, mente e cultura, situando-nos em experiências corpóreas e culturais. Ao analisarmos cinco obras literárias nacionais, criamos um quadro analítico sobre como a raiva é compreendida, especificamente, na língua portuguesa. Os resultados são importantes para entendermos, através da linguagem, o quanto a cultura faz parte de nossa cognição, conjuntamente com os aspectos sensório-motores.

 


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 1299738 - ANTONIO PEREIRA JUNIOR
Externo à Instituição - CARMEN BRUNELLI DE MOURA - UnP
Presidente - 6350771 - MARCOS ANTONIO COSTA
Interno - 1675404 - PAULO HENRIQUE DUQUE
Externo à Instituição - SOLANGE COELHO VEREZA - UFF
Notícia cadastrada em: 11/09/2014 14:01
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa17-producao.info.ufrn.br.sigaa17-producao