Banca de DEFESA: SHANNYA LUCIA DE LACERDA FILGUEIRA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: SHANNYA LUCIA DE LACERDA FILGUEIRA
DATA: 22/09/2014
HORA: 14:30
LOCAL: Auditório B - CCHLA
TÍTULO:

O QUE SE QUER IMAGEM, O QUE SE QUER DESEJO?:  ENTRE O FABULAR DE DESEJOS E AS CONSTRUÇÕES IMAGÉTICAS NA PROSA DE FIAMA HASSE PAIS BRANDÃO.


PALAVRAS-CHAVES:

Desejo; imagem; deslocamentos; produção de sentido; Fiama Hasse Pais Brandão.


PÁGINAS: 35
GRANDE ÁREA: Lingüística, Letras e Artes
ÁREA: Letras
SUBÁREA: Literatura Comparada
RESUMO:

Este trabalho apresentado, com vistas à defesa da dissertação de mestrado, intitulado O que se quer imagem, o que se quer desejo?: Entre o fabular de desejos e as construções imagéticas na prosa de Fiama Hasse Pais Brandão, discute até onde o desejo impulsiona a imagem e até onde essa imagem é tocada por esse desejo, visualizando dentro de um sistema literário poético e singular, as construções da imagem junto às fabulações de desejo, o que nos expõe diante de processos de semiotização por meio da escrita, de subjetivação, de vertigem, de sensibilização para os afetos e desejos enquanto produção de sentido e multiplicidades estéticas em cuja letra transgressiva se aventura. Nesse sentido, a análise transitará entre o discurso erótico e os problemas fundamentais que este coloca, bem como o processo de construção de imagem, recortado via discursos problematizados pela linguagem apresentada pela autora Fiama Hasse Pais Brandão. Para tanto, coloca-se como escopo uma pesquisa norteada por autores como George Bataille, Roland Barthes, Luiz Roberto Monzani, Suely Rolnik, Walter Benjamin, Georges Didi-Huberman, Maurice Blanchot, Félix Guattari, Gilles Deleuze, dentre outros que possam transitar pelas relações, neste estudo, estabelecidas, constituindo o corpus teórico e de discussão, atendendo ao caráter qualitativo implícito no desenvolvimento desta dissertação. Quanto ao corpus literário, este é composto pelos contos trazidos em Contos da Imagem (2005), de maneira a constituírem corpos-subjetividade, envolvendo ideias, afectos, perceptos e imagens.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1149457 - ILZA MATIAS DE SOUSA
Externo à Instituição - MARIA DA CONCEIÇÃO CRISÓSTOMO DE MEDEIROS GONÇALVES MATOS FLORES - UnP
Externo ao Programa - 1515458 - MARTA APARECIDA GARCIA GONCALVES
Notícia cadastrada em: 20/08/2014 14:57
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa19-producao.info.ufrn.br.sigaa19-producao