Banca de DEFESA: ANTÔNIO LÁZARO VIEIRA BARBOSA JUNIOR

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ANTÔNIO LÁZARO VIEIRA BARBOSA JUNIOR
DATA: 20/05/2014
HORA: 14:00
LOCAL: a definir
TÍTULO:

ENTRE MILLÔR E DERRIDA: O HUMOR ENQUANTO EXPERIÊNCIA DA ALTERIDADE E DO IMPOSSÍVEL


PALAVRAS-CHAVES:

Humor; Alteridade; Impossível; Jacques Derrida Literatura e Filosofia; Millôr Fernandes


PÁGINAS: 100
GRANDE ÁREA: Lingüística, Letras e Artes
ÁREA: Lingüística
SUBÁREA: Lingüística Aplicada
RESUMO:

O humorista brasileiro Millôr Fernandes teve uma produção distribuída em vários campos, desde a literatura até as artes visuais e o jornalismo. Em qualquer delas, no entanto, havia a marca indelével do humor. Nesta dissertação, proponho uma leitura de sua obra a partir de Jacques Derrida, enfatizando como se dá a construção do outro. O foco recairá sobre Millôr Definitivo:A Bíblia do Caos, mas outros textos também serão contemplados. Para empreender a análise, farei uma exposição geral da obra milloriana (especialmente Millôr Definitivo:A Bíblia do Caos) e esboçarei, em linhas gerais, a filosofia derridiana, centrando-me em sua discussão sobre a filosofia ocidental, a literatura e a alteridade. No momento da análise propriamente dita, situarei o eixo metodológico no quase-conceito de invenção. A análise deverá fazer emergir a hipótese do humor enquanto experiência da alteridade e do impossível, situando o humorista enquanto totalmente outro. No texto milloriano, essa experiência é marcada pelo conflito, sem possibilidade de resolução.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1550297 - ALEX BEIGUI DE PAIVA CAVALCANTE
Interno - 1543253 - KATIA AILY FRANCO DE CAMARGO
Externo à Instituição - RAFAEL HADDOCK LOBO - UFRJ
Notícia cadastrada em: 07/05/2014 14:18
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa16-producao.info.ufrn.br.sigaa16-producao