Banca de DEFESA: HANSEL SOTO HERNÁNDEZ

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : HANSEL SOTO HERNÁNDEZ
DATA : 03/06/2024
HORA: 09:00
LOCAL: Lapen e Meet
TÍTULO:

Construção do Protocolo para Avaliação Dinâmica do Desenvolvimento da Comunicação Pré-Verbal (PROCP-V)


PALAVRAS-CHAVES:

lactente, avaliação infantil, psicologia histórico-cultural, comunicação não verbal, desenvolvimento linguístico. 


PÁGINAS: 285
RESUMO:

Resumo em português:

Diversas teorias do desenvolvimento infantil, notadamente as de Piaget, Wallon e Vigotski, destacam a centralidade de um período sensório-motor no psiquismo da criança, dado seu papel de transição chave para a passagem ao nível simbólico. Na Psicologia Histórico-Cultural (PHC), defende-se o princípio de que nos estágios iniciais do desenvolvimento, os marcos mais rudimentares servem como suporte para a gênese das funções psicológicas superiores (FPS). Os primórdios da linguagem verbal, conforme abordados na obra vigotskiana, consolidam-se quando a criança realiza o gesto de apontar com o dedo indicador, que adquire significado em função da resposta do adulto. Ao estudar os pré-requisitos, antecessores e premissas sociocognitivas dessa FPS por volta do primeiro ano da criança, torna-se necessário traçar a história de certos indícios ou indicadores do desenvolvimento da comunicação pré-verbal, ou seja, dos precursores linguísticos, conforme discutido na literatura atual. Os marcos da comunicação pré-verbal da criança incluem gestos, atenção compartilhada, direcionamento do olhar, uso de objetos, interação social, vocalizações, coordenações perceptivo-motoras, resposta parental e atividades cooperativas (adulto-criança), entre outros. O estudo do percurso desenvolvimental desses indicadores, por meio de instrumentos idôneos, tem um valor preditivo para a emergência da linguagem verbal, tanto em crianças com trajetórias típicas quanto atípicas (por exemplo, para  a detecção precoce de sinais ou marcadores de Transtornos do Neurodesenvolvimento identificados como risco, tais como: Transtorno do Espectro do Autismo, Transtorno do Desenvolvimento da Linguagem, entre outros). Nesse cenário, a tese versa sobre a construção do Protocolo para Avaliação Dinâmica do Desenvolvimento da Comunicação Pré-Verbal (PROC-PV) fundamentado na matriz ontoepistemológica da PHC. Para tanto, a tese abrange dois estudos. O primeiro estudo foi conduzido a partir de dois artigos de revisão sistemática com base no Método PRISMA, que visaram mapear os instrumentos de avaliação infantil, como escalas de triagem infantis e instrumentos de avaliação da comunicação não verbal, voltados para crianças na faixa etária de 6 a 18 meses. O segundo estudo envolveu a construção das etapas do protocolo, bem como a realização de um estudo de validação do conteúdo por meio da avaliação de 2 juízes, culminando na elaboração da versão final ou pré-teste. Os resultados do estudo de validade de conteúdo evidenciaram que o PROC-PV apresenta adequados valores de concordância e confiabilidade/reprodutibilidade inter-juízes. O propósito foi disponibilizar um protocolo de linguagem simples, com procedimentos flexíveis, que leve em consideração o olhar dos familiares para o desenvolvimento das crianças e que seja acessível a diversos profissionais nas rotinas de avaliação infantil. Faz-se um apelo à relevância teórica, metodológica e social do instrumento construído, uma vez que pode ser integrado tanto no sistema educacional brasileiro quanto no sistema de saúde coletiva.

 


MEMBROS DA BANCA:
Externa à Instituição - ANA LUIZA GOMES PINTO NAVAS - FCMSCSP
Externa à Instituição - CARLA ANAUATE
Presidente - 1321136 - IZABEL AUGUSTA HAZIN PIRES
Externa à Instituição - MARILDA GONÇALVES DIAS FACCI - UEM
Externa à Instituição - RAQUEL SOUZA LOBO GUZZO - PUC-CAMPINAS
Notícia cadastrada em: 14/05/2024 09:10
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa04-producao.info.ufrn.br.sigaa04-producao