Banca de DEFESA: LUAN CAVALCANTI DA SILVA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : LUAN CAVALCANTI DA SILVA
DATA : 28/06/2024
HORA: 09:00
LOCAL: google meet
TÍTULO:

USO DE TANINOS CONDENSADOS DAS CASCAS DE ESPÉCIES ARBÓREAS NO TRATAMENTO DE ÁGUA


PALAVRAS-CHAVES:

espécies florestais, floresta plantada, floresta nativa, cationização, coagulantes.


PÁGINAS: 50
RESUMO:

Um dos produtos que tem atraído grande interesse comercial nos últimos anos são os polímeros à base de taninos. Os taninos são substâncias presentes em diversas partes das plantas e tem diversas aplicações na indústria de petróleo, farmacêutica, na fabricação de plásticos e adesivos, curtimento de pele animal e tratamento de água, entre outras. Os coagulantes a base de taninos atuam diretamente no processo de coagulação e floculação em tratamento de água, sendo esse processo um pré-tratamento que condiciona a água para tratamentos subsquentes. Assim, este trabalho tem como objetivo avaliar o potencial de extração de taninos de espécies inseridas em florestas plantadas e floresta nativa e avaliar o desempenho dos taninos como coagulantes para tratamento de água. Serão selecionadas 5 (cinco) árvores saudáveis de Tectona grandis, Acacia mangium, Copaifera arenicola, Hancornia speciosa e Terminalia catappa em idade adulta, as árvores selecionadas terão parte de suas cascas coletadas, serão retiradas cascas da base, do meio e do topo do tronco visando representar toda a árvore, destas cascas serão extraídos os taninos e feita a quantificação para as espécies. Após a extração e quantificação dos taninos será feita a cationização, que é a preparação de um agente floculante a base de extrato vegetal. E por fim, os ensaios de coagulação em diferentes concentrações e tempos de agitação. Serão utilizadas as concentrações de 50 mg/L¹, 100 mg/L¹ e 150 mg/L¹ para cada coagulantes. Para os tempos de agitações, inicialmente será realizada uma agitação rápida há 130 rpm em diferentes tempos: 1 min e 2 min e logo em seguida uma mistura lenta há 30 rpm em tempos de: 10 min e 20 min realizando todas as combinações possíveis. Ao final do projeto, espera-se obter informações sobre extração de taninos de espécies florestais inseridas em florestas plantadas, como também resultados que otimizem 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2326526 - TATIANE KELLY BARBOSA DE AZEVEDO CARNAVAL
Interno - 1079298 - ALEXANDRE SANTOS PIMENTA
Externa ao Programa - 1698809 - JULIANA LORENSI DO CANTO - UFRNExterna à Instituição - THAÍS BRITO SOUSA - UFLA
Notícia cadastrada em: 11/06/2024 10:05
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa01-producao.info.ufrn.br.sigaa01-producao