Banca de DEFESA: EDSON BRUNO DO NASCIMENTO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : EDSON BRUNO DO NASCIMENTO
DATA : 26/02/2021
HORA: 09:00
LOCAL: Sala virtual do Google Meet
TÍTULO:

PARTIÇÃO DE CARBOIDRATOS NÃO ESTRUTURAIS EM Erythrina velutina Willd. DURANTE A GERMINAÇÃO DA SEMENTE E ESTABELECIMENTO DA PLÂNTULA


PALAVRAS-CHAVES:

Açúcares solúveis, amido, amilases, mulungu, relação fonte-dreno


PÁGINAS: 47
RESUMO:

A germinação da semente e o estabelecimento da plântula são processos críticos para as comunidades vegetais, uma vez que elevadas taxas de mortalidade ocorrem nestes primeiros momentos do ciclo de vida das plantas, em virtude da exposição a estresses bióticos e abióticos. Considerando o papel central do metabolismo do carbono na transição da heterotrofia para a autotrofia, intimamente relacionada à sobrevivência, este trabalho objetiva investigar a partição de carboidratos não estruturais nos diferentes órgãos de Erythrina velutina Willd., espécie pioneira da Caatinga, durante a germinação da semente e estabelecimento da plântula. Sementes oriundas de dez indivíduos foram escarificadas, desinfetadas, embebidas em água destilada, semeadas em rolos de papel Germitest® e mantidas sob condições controladas por 9 dias. Em seguida, as plântulas foram transferidas para hidroponia em água destilada e cultivadas em casa de vegetação por 12 dias. As coletas foram realizadas em estágios fisiológicos discretos, incluindo semente embebida, protrusão da radícula, emergência do hipocótilo, abertura do gancho plumular, emergência das folhas cordiformes, emergência da primeira folha trifoliolada e emergência da segunda folha trifoliolada. As plântulas foram divididas em cotilédones e demais partes, conforme o seu aparecimento durante os diferentes estágios. Ao longo do estabelecimento, houve diminuição progressiva de massa seca nos cotilédones, sendo transferida para os órgãos dreno, especialmente a parte aérea, segundo o decréscimo da relação raiz/parte área ao longo do experimento. Houve intensa acumulação de açúcares solúveis totais, açúcares não redutores e amido na raiz e no hipocótilo durante os estágios iniciais e nas folhas durante os estágios finais do estabelecimento. A atividade de amilases foi superior na parte aérea em relação à raiz durante todo o experimento. Estes resultados mostram que ocorreu maior investimento inicial de carboidratos não estruturais no crescimento do eixo e que estes compostos devem ter sido acumulados na parte aérea durante os estágios tardios como resultado da atividade fotossintética.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1228866 - EDUARDO LUIZ VOIGT
Interno - 1721230 - MAURO VASCONCELOS PACHECO
Externo à Instituição - JULIANA ROCHA VAEZ - UFERSA
Notícia cadastrada em: 17/02/2021 07:47
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2021 - UFRN - sigaa20-producao.info.ufrn.br.sigaa20-producao