PPGCF/EAJ/UFRN PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS FLORESTAIS ESCOLA AGRÍCOLA DE JUNDIAÍ Telefone/Ramal: (84) 99418-0909 http://www.posgraduacao.ufrn.br/cfl

Banca de QUALIFICAÇÃO: VANESSA PULCHERIA PINHEIRO DA COSTA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : VANESSA PULCHERIA PINHEIRO DA COSTA
DATA : 30/03/2020
HORA: 10:00
LOCAL: Sala de vídeo do CVT
TÍTULO:

VALOR CULTURAL E ESTRUTURA DA VEGETAÇÃO EM REMANESCENTE DE MATA ATLÂNTICA NO PARQUE NATURAL JOSÉ MULATO, AREZ- RN


PALAVRAS-CHAVES:

Unidade de Conservação; Etnoecologia; Fitossociologia 


PÁGINAS: 50
RESUMO:

Tendo em vista a importância de preencher a lacuna de estudos voltados a espécies florestais na Mata Atlântica e sua utilização pela  população local, o  objetivo do trabalho foi  realizar um estudo quali-quantitativo do componente lenhoso no Parque Natural Municipal José Mulato para compreender de que modo a população local, com o conhecimento tradicional, interfere na composição florística, estrutura horizontal e vertical e do fragmento. O trabalho foi conduzido no Parque Municipal José Mulato localizado no município AREZ-RN. Para obtenção dos dados foram implatadas vinte e cinco parcelas de 20 x 20 m de forma aleatória, onde foram mensurados todos os indivíduos lenhosos com CAP≥15,7 cm.  A avaliação etnoecológica será iniciada após a aprovação do Comitê de Ética e terá como análise estatística a equação de valor de uso, obtendo informações de dez informantes-chave. A suficiência amostral da vegetação foi obtida aos 3.200 m². Foram inventariados 784 indivíduos, pertencentes a 24 famílias, distribuídas em 54 espécies, sendo 4 identificadas a nível de família e 15 não identificadas. As famílias mais representativas em número de indivíduos foram Burseraceae (137), Anacardiaceae (134) e Fabaceae (74). Apesar da família Fabaceae ter menor quantidade de indivíduos em relação a Burseraceae e Anacardiaceae, tem a maior riqueza de espécies (cinco espécies). A espécieTapirira guianensis apresentou maior valor de impotância (53,454)  e a espécie Protium heptaphyllum maior densidade absoluta (137), ambas presentes em todas as parcelas. O índice de diversidade de Shannon foi 3,07 nats ind-1. O índice de equabilidade de Pielou foi de 0,77. Quanto ao padrão de distribuição espacial, 55% das espécies distribuem-se de forma uniforme, 38% com tendência ao agrupamento e 8% de maneira agregada. A distribuição de diâmentro apresenta a maior parte dos indivíduos (63%) inseridos nos dois primeiros centros de classe. O baixo número de indivíduos mostra que apesar de ser uma unidade de conservação criada recentemente e ainda sem plano de manejo, está demasiadamente pertubarda pela coleta e extração de madeira para lenha. Com a conclusão do estudo do conhecimento local e histórico da área será possível detalhar de modo eficaz esse prognóstico.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 049.666.234-13 - ALAN CAUÊ DE HOLANDA - UFERSA
Externa ao Programa - 066.394.566-64 - CRISTIANE GOUVEA FAJARDO - UFRN
Externo ao Programa - 2087827 - MALCON DO PRADO COSTA
Externo à Instituição - ALLYSON ROCHA ALVES - UFERSA
Notícia cadastrada em: 06/03/2020 18:30
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2021 - UFRN - sigaa14-producao.info.ufrn.br.sigaa14-producao