Banca de DEFESA: GABRIELA OLIVEIRA DE SOUZA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : GABRIELA OLIVEIRA DE SOUZA
DATA : 29/07/2019
HORA: 09:00
LOCAL: Sala 01 - Prédio das Graduações da EAJ
TÍTULO:

AVALIAÇÃO DA VIABILIDADE TÉCNICA DA PRODUÇÃO DE PAINÉIS DE MADEIRA COLADA LATERALMENTE – EGP COM TRÊS ESPÉCIES DE MADEIRA DA CAATINGA


PALAVRAS-CHAVES:

Painéis EGP, espécies de madeira do semiárido, teste de adesivos.


PÁGINAS: 32
RESUMO:

A demanda por produtos derivados de madeira promoveu o aperfeiçoamento da técnica de madeira colada. Em meio às alternativas inovadoras desta técnica destaca-se o painel de madeira colada lateralmente ou Edge Glued Panel (EGP). As madeiras utilizadas como matéria prima para a fabricação deste tipo de painel geralmente são obtidas de árvores com pequeno diâmetro. A fim de estudar espécies da Caatinga que apresentam propriedades tecnológicas potenciais para a produção de painéis EGP e trazer informações referências a respeito das potencialidades de uso das espécies madeireiras do bioma, a presente pesquisa teve como objetivo analisar as características tecnológicas das madeiras de Cordia oncocalyx Allemão, Aspidosperma pyrifolium Mart. e Mimosa caesalpiniifolia Benth, bem como avaliar as juntas coladas e avaliar comparativamente espécies para a produção de painéis colados lateralmente.  Para isso, foram realizadas as análises sobre as propriedades físico-químicas da madeira, ensaio de cisalhamento das juntas coladas de acordo com a norma EN 1334:2003, bem como porcentual de falhas na madeira conforme os procedimentos descritos na norma ABNT NBR ISO 12466-1:2006. As análises físico-química das espécies foram avaliadas através do teste de Tukey ao nível de 95% de probabilidade. Os resultados obtidos nas análises quanto à densidade básica madeira e o teor de extrativos apresentaram diferenças estatísticas entre si e quanto à análise do teor de cinzas das madeiras não foi constatado diferenças estatísticas entre as espécies. Concluindo que dentre as três espécies, a Mimosa caesalpiniifolia Benth poderá vir a ser a espécie com maior dificuldade para colagem das juntas.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1079298 - ALEXANDRE SANTOS PIMENTA
Interno - 049.881.764-44 - RAFAEL RODOLFO DE MELO - UFMT
Externo à Instituição - NEYTON DE OLIVEIRA MIRANDA - UFERSA
Notícia cadastrada em: 04/07/2019 18:23
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2020 - UFRN - sigaa23-producao.info.ufrn.br.sigaa23-producao