Banca de DEFESA: FRANCIVAL CARDOSO FELIX

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : FRANCIVAL CARDOSO FELIX
DATA : 31/01/2019
HORA: 13:30
LOCAL: RNP - Centro de Convivência (Campus Central)
TÍTULO:

Conservação in situ de Pityrocarpa moniliformis (Benth.) Luckow & R. W. Jobson para seleção de árvores matrizes


PALAVRAS-CHAVES:

sementes florestais, marcador molecular, qualidade de sementes, diversidade genética, produção de sementes


PÁGINAS: 91
RESUMO:

Pityrocarpa moniliformis (Benth.) Luckow & R. W. Jobson (Fabaceae) é uma espécie arbórea que possui potencial social, ecológico e econômico para o Nordeste do Brasil, com diversos usos madeireiros e não madeireiros, portanto, ressalta-se a importância desta espécie para a conservação e desenvolvimento de regiões semiáridas. O objetivo com este trabalho foi selecionar árvores matrizes de P. moniliformis para a produção de sementes de qualidade e conservação in situ, avaliando-se a diversidade genética com o uso de marcadores moleculares Inter Simple Sequence Repeat (ISSR), e biometria de sementes por meio do processamento digital de imagens para estudos de divergência genética. No capítulo 01, testaram-se 28 marcadores moleculares ISSR, avaliando-se o número total de locos, taxa de polimorfismo e valor de conteúdo da informação polimórfica (PIC). Sete iniciadores foram selecionados, os quais forneceram 74 locos, 82% de polimorfismo e PIC de 0,344. Portanto, os marcadores moleculares ISSR (UBC 827, 840, 844, 857, 859, 860 e 873) foram selecionados para estudos de diversidade genética de P. moniliformis. No capítulo 02, realizou-se a biométrica das sementes de 33 lotes por meio do processamento digital de imagens, com análise da estatística descritiva, componentes principais, e correlação entre distância Euclidiana e similaridade genética de árvores com o uso de marcadores moleculares ISSR. O processamento digital de imagens foi eficiente em aferir e detectar diferenças biométricas entre lotes de sementes, as quais possuem variação dos aspectos morfológicos e biométricos decorrente de diferenças genéticas entre as árvores de P. moniliformis. No capítulo 03, sementes de 44 árvores foram submetidas à determinação de qualidade, e de diversidade genética para matrizes e progênies selecionadas. 77% e 43% das árvores produziram sementes com germinação superior a 50% e 70%, respectivamente. As progênies selecionadas representam 64,4% da fonte de variação total nos locos, e apenas 35,6% são decorrentes de variação entre matrizes. As árvores de P. moniliformis produzem sementes com diferentes níveis de qualidade, sendo selecionadas como árvores produtoras de sementes de alta e média qualidade fisiológica, onze e quinze matrizes, respectivamente.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1721230 - MAURO VASCONCELOS PACHECO
Interno - 2257836 - PAULO SERGIO MARINHO LUCIO
Externa à Instituição - KATIANE DA ROSA GOMES DA SILVA - IPA
Notícia cadastrada em: 18/01/2019 10:28
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2020 - UFRN - sigaa16-producao.info.ufrn.br.sigaa16-producao