Banca de DEFESA: JUCIER MAGSON DE SOUZA E SILVA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JUCIER MAGSON DE SOUZA E SILVA
DATA: 15/12/2015
HORA: 09:00
LOCAL: Sala da Pós-Graduação em Ciência Florestal
TÍTULO:

PRODUÇÃO E DISTRIBUIÇÃO DE BIOMASSA EM CLONES DE Eucalyptus urograndis NO MUNICÍPIO DE MACAÍBA – RN


PALAVRAS-CHAVES:

Floresta Plantada. Produtividade Florestal. Componentes da árvore.


PÁGINAS: 28
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Recursos Florestais e Engenharia Florestal
SUBÁREA: Silvicultura
ESPECIALIDADE: Nutrição Florestal
RESUMO:

A produção de biomassa é uma das variáveis mais importantes em um povoamento florestal e sua distribuição relativa nos diferentes componentes da árvore (lenho, galhos, folhas, casca e raízes) representa uma das principais características a ser considerada na escolha de uma espécie, visando-se obter uma maior produtividade. A partição da biomassa em espécies florestais é bastante variável, podendo ser influenciada tanto por vários fatores ambientais quanto por fatores inerentes à própria espécie, sendo necessário a realização de estudos individualizados para cada material genético e condição edafoclimáticas. O objetivo deste trabalho foi determinar a produção de biomassa da parte aérea em três clones de Eucalyptus Urograndis (AEC0422, AEC0144, GG100), e sua distribuição relativa entre os componentes da árvore aos 12, 24, 36 e 48 meses de idade. O trabalho foi realizado na área de experimentação florestal do campus Macaíba/UFRN, localizado na Escola Agrícola de Jundiaí. Para quantificação da biomassa utilizou-se o método destrutivo, abatendo-se quatro árvores, com DAP médio, para cada clone e idade considerada. A produção e a partição da biomassa foram diferenciadas entre os clones avaliados. Para a produção total de biomassa os valores encontrados variaram entre 3,33 Mg.ha-1 aos doze meses e 75,35 Mg.ha-1 aos 48 meses de idade, a partir dos 24 meses todos os clones apresentaram maior acúmulo de biomassa em seus fustes (madeira + casca), sendo o componente madeira aquele que apresentou maior representatividade. A produção e a partição da biomassa foram dependentes do material genético, da idade e do componente avaliado.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1678080 - GUALTER GUENTHER COSTA DA SILVA
Interno - 1754958 - PAULO ROGERIO SOARES DE OLIVEIRA
Externo ao Programa - 1841666 - ERMELINDA MARIA MOTA OLIVEIRA
Notícia cadastrada em: 04/12/2015 13:00
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2020 - UFRN - sigaa05-producao.info.ufrn.br.sigaa05-producao