Banca de DEFESA: MARIANA DUARTE DA SILVA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MARIANA DUARTE DA SILVA
DATA: 15/12/2015
HORA: 08:30
LOCAL: Auditório da Direção da EAJ
TÍTULO:

Maturação de frutos e sementes de Acacia mangium Willd.: alterações físicas, fisiológicas e bioquímicas


PALAVRAS-CHAVES:

Maturidade fisiológica. Substâncias de reservas. Ponto de colheita.


PÁGINAS: 47
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Recursos Florestais e Engenharia Florestal
SUBÁREA: Silvicultura
ESPECIALIDADE: Sementes Florestais
RESUMO:

O estudo do processo de maturação de frutos e sementes proporciona subsídios para o planejamento da colheita, evitando a deterioração a campo bem como melhorando a uniformidade do lote. Sendo assim, estudou-se as alterações físicas, fisiológicas e bioquímicas que ocorrem durante o processo de maturação fisiológica de frutos e sementes de Acacia mangium. Para isto, matrizes foram selecionadas e suas inflorescências marcadas, coletando-se seus frutos aos 30, 60, 90, 105, 120, 135 150, 165, 180 dias após a antese (DAA). As variáveis avaliadas foram: coloração, dimensão, teor de água e massa seca de frutos e sementes, germinação, IVG, primeira contagem e massa seca de plântulas; foram quantificados proteínas solúveis, aminoácidos livres totais, açúcares solúveis totais, açúcares não-redutores e amido.  O experimento foi conduzido em delineamento inteiramente casualizado. Para as variáveis coloração e dimensão foram utilizadas oito repetições. Para o teor de água, massa seca, germinação, IVG, primeira contagem e massa seca de plântulas foram utilizadas quatro repetições. E para as determinações bioquímicas foram utilizadas cinco repetições, e os dados foram submetidos às análises de regressão. Através da coloração de frutos e sementes A. mangium, ou das observações das suas dimensões, não foi possível identificar a maturidade fisiológica da espécie. Por outro lado, a massa seca de frutos e sementes foi maior aos 150 DAA, o acúmulo de reservas nutritivas e conteúdo de metabólitos exibiram maiores valores dos 105 aos 135 DAA, se mantendo estáveis a partir dos 150 DAA, período em que o teor de água caiu para 4,66%. No presente estudo foi possível identificar a maturidade fisiológica das sementes de Acacia mangium juntamente com o ponto de colheita, aos 150 DAA.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1721230 - MAURO VASCONCELOS PACHECO
Interno - 1880265 - MARCIO DIAS PEREIRA
Externo à Instituição - KATIANE DA ROSA GOMES DA SILVA - IPA
Notícia cadastrada em: 01/12/2015 07:32
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2020 - UFRN - sigaa13-producao.info.ufrn.br.sigaa13-producao