Banca de QUALIFICAÇÃO: DALVAN HENRIQUE LUIZ ROMEIRO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : DALVAN HENRIQUE LUIZ ROMEIRO
DATA : 23/07/2021
HORA: 09:00
LOCAL: Realizada por videoconferência
TÍTULO:

Contrastes da evolução cromossômica e diversificação do DNA repetitivo em peixes-anjos (Pomacanthidae, Teleostei)


PALAVRAS-CHAVES:

Evolução cariotípica, DNA repetitivo, estase cariotípica, peixes recifais, peixes-anjos


PÁGINAS: 72
RESUMO:

Processos de estase cariótipica e intensas mudanças cromossômicas exemplificam fenômenos extremos de mudanças cariotípicas. Alguns grupos de peixes marinhos apresentam essas duas condições refletidas nos cariótipos de suas espécies. Um desses grupos, Pomacanthidae apresenta 12% das espécies com cariótipos com elevado grau de conservadorismo do número diploide (2n = 48), mas com estruturas cariotípicas que podem ser muito divergentes. Aqui são apresentados dados citogenéticos de seis espécies da família, Pomacanthus paru, P. arcuatus, Holacanthus tricolor, H. ciliaris, Centropyge aurantonotus (oceano Atlântico), e C. eibli (oceano Índico), obtidos por métodos convencionais e hibridização fluorescente in situ de seis classes de DNA repetitivos (rDNAs, microssatélites, elementos transponíveis, histonas) que demonstram a diversidade cariotípica e padrões contrastantes de evolução cromossômica do grupo. As espécies analisadas compartilham um mesmo número diploide (2n = 48), com cariótipos formados principalmente por cromossomos acrocêntricos, exceto C. aurantonotus que exibe grande profusão de elementos bi-braquiais. Apesar do conservadorismo númérico e estrututral dos cariótpos, ocorreram variações na distribuição e organização de algumas classes de DNA repetitivos. Todas as espécies exibiram apenas um loci DNAr 18S, enquanto que as regiões DNAr 5S se mostraram mais variáveis, ocorrendo na maioria dos cromossomos de C. aurantonotus. Pomacanthus paru e P. arcuatus, com ancestralidade recente exibem cariótipos muito similares, incluindo os arranjos dos sítios 18S DNAr, mas diferem quanto ao posicionamento das regiões DNAr 5S. As espécies de Holacanthus apresentaram considerável variação em número e posição dos sítios da histona H4. A ocorrência de rasgos evolutivos relacionados a estrutura cromossômica e organização de sequências repetitivas em algumas espécies, indicam eventos disruptivos sobre a limitada diversificação cariotípica do grupo, mediados por inversões pericêntricas e processos de heterocromatinização.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - CLÓVIS COUTINHO DA MOTTA NETO - UnP
Externo à Instituição - GIDEÃO WAGNER WERNECK FELIX DA COSTA
Presidente - 1199139 - WAGNER FRANCO MOLINA
Notícia cadastrada em: 12/07/2021 14:22
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa25-producao.info.ufrn.br.sigaa25-producao