Banca de QUALIFICAÇÃO: BIANCCA CORREIA DE MEDEIROS

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : BIANCCA CORREIA DE MEDEIROS
DATA : 08/07/2019
HORA: 08:30
LOCAL: Sala de Seminários de Matemática - CCET
TÍTULO:

MODELOS DE DADOS INFLACIONADOS DE ZEROS PARA A ANÁLISE DA FREQUÊNCIA DE SECA AGRÍCOLA PARA O SEMIÁRIDO BRASILEIRO


PALAVRAS-CHAVES:

Agricultura; Precipitação; Período Seco; Distribuição inflacionada de zero.


PÁGINAS: 41
RESUMO:

A agricultura é um ramo das atividades humana que depende das condições climáticas e que, apesar dos avanços na tecnologia agrícola, essa produção é em grande parte dependente do tempo e do clima. Conhecer os padrões de precipitação em regiões marcadas por agricultura de sequeiro é de fundamental importância para o gerenciamento da produção agrícola e a gestão dos recursos hídricos. Dentre as variáveis que caracterizam a precipitação, aparece o período seco agrícola, definidos como períodos secos dentro da estação chuvosa. Considerando a influência que os períodos secos agrícola exercem nas atividades agrícolas e os potenciais benefícios que os estudos desse evento possam trazer para a região do Semiárido Brasileiro este trabalho tem como objetivo a previsão meteorológica e agrometeorológica para a ocorrência desse fenômeno. Serão utilizados os dados disponibilizados pela Global Precipitation Climatology Centre [WINDOWS-1252?]– GPCC, e pelo Sistema de Gestão da Informação e do Conhecimento do Semiárido Brasileiro [WINDOWS-1252?]– SIGSAB. Dessa forma será utilizado o software R para aplicar uma estatística descritiva por meio de tabelas e gráficos no período de 1979 a 2014.  Na análise dos dados muitas vezes encontramos dados de contagem onde a quantidade de zeros excede aquela esperada por uma determinada distribuição tal que não é possível fazer uso dos modelos de regressão usuais. Além disso, o excesso de zeros pode fazer com que exista sobredispersão nos dados. Sendo assim, neste trabalho serão utilizados modelos inflacionados de zero na análise, onde a variável resposta utilizada será a precipitação diária e as covariáveis associadas serão temperatura, umidade e vento. Serão utilizados os modelos de Poisson e o modelo Binomial Negativo Inflacionado de Zeros.Espera-se que seja possível prever a ocorrência do período seco agrícola para o semiárido Brasileiro e dessa forma poder diminuir os impactos desse fenômeno na produtividade agrícola.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 2086472 - BERGSON GUEDES BEZERRA
Externo à Instituição - CHRISTOPHER CUNNINGHAM
Interno - 1752417 - CLAUDIO MOISES SANTOS E SILVA
Presidente - 320597 - PAULO SERGIO LUCIO
Notícia cadastrada em: 26/06/2019 10:48
SIGAA | Superintendência de Informática - (84) 3215-3148 | Copyright © 2006-2019 - UFRN - sigaa08-producao.info.ufrn.br.sigaa08-producao