Banca de QUALIFICAÇÃO: MONIKI DARA DE MELO FERREIRA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : MONIKI DARA DE MELO FERREIRA
DATA : 24/05/2019
HORA: 14:00
LOCAL: Sala de Seminários de Matemática - CCET
TÍTULO:

DOWNSCALING DINÂMICO DA VELOCIDADE DO VENTO EM TERRENO PLANO E COMPLEXO NO NORDESTE DO BRASIL: APLICAÇÕES EM PROJETOS EÓLICOS


PALAVRAS-CHAVES:

Energia eólica. Weather Research and Forecasting. Previsão Numérica do Tempo.


PÁGINAS: 47
RESUMO:

A variabilidade espacial e temporal do vento é difı́cil de ser simulada com precisão. Isso se deve principalmente à heterogeneidade dos terrenos, em razão de fatores como a rugosidade da superfı́cie, diferentes alturas de vegetação e ao uso e ocupação do solo, além de fenômenos meteorológicos e climáticos que influenciam a dinâmica da atmosfera de forma intermitente. Sendo o vento o “combustı́vel” para a geração centralizada de energia eólica, a capacidade de prever a produção de energia nas próximas horas ou
meses se torna pré-requisito para a operação segura e econômica dos sistemas elétricos. No Brasil, a maioria dos parques eólicos se encontram instalados em faixas litorâneas (majoritariamente nos Estados do Rio Grande do Norte e Ceará) e em seguida, em terrenos acidentados (com grande concentração no interior do Estado da Bahia), e a cada ano, a fonte eólica eleva a participação na matriz elétrica do paı́s. Além dos 15 GW de capacidade instalada, há outros 4,6 GW já contratados ou em construção, o que significa que, ao final de 2023, serão pelo menos 19,7 GW. Dessa forma, a compreensão das caracterı́sticas do vento é crucial no desenvolvimento desses projetos, especialmente na escolha de locais adequados e na estimativa da energia produzida (KWh). Com base nos recentes avanços da capacidade de computação e dos modelos de Predição Numérica do Tempo (PNT) não hidrostáticos, é possı́vel aninhar modelos de mesoescala a escalas menores sobre uma área espacial de um parque eólico. Neste projeto, experimentos numéricos com o modelo de mesoescala Weather Research and Forecasting (WRF) versão 4.8.1 são propostos sobre uma região de terreno complexo que compreende o municı́pio de Belo Jardim - Estado de Pernambuco e de terreno plano com foco na localidade de Camocim - Estado do Ceará. Serão utilizados três grades aninhadas, cujo primeiro domı́nio possui 9 km de espaçamento de grade, em seguida, 3 km e 1 km. As simulações numéricas serão comparadas com dados de Torres Anemométricas (TA) de propriedade da SONDA-INPE e da SEINFRA-CE e avaliadas com base em estatı́stica descritiva.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1752417 - CLAUDIO MOISES SANTOS E SILVA
Interno - 1164414 - WEBER ANDRADE GONCALVES
Externo à Instituição - ALEXANDRE TORRES SILVA DOS SANTOS - CTGás
Notícia cadastrada em: 20/05/2019 11:23
SIGAA | Superintendência de Informática - (84) 3215-3148 | Copyright © 2006-2019 - UFRN - sigaa09-producao.info.ufrn.br.sigaa09-producao