Banca de DEFESA: MARIANA OLIVEIRA CEDRAZ

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : MARIANA OLIVEIRA CEDRAZ
DATA : 21/02/2017
HORA: 09:00
LOCAL: Auditório do CCET
TÍTULO:

Análise estatística das concentrações atmosféricas do material particulado PM10 em três regiões distintas do estado do Rio de Janeiro


PALAVRAS-CHAVES:

Material Particulado; Poluição atmosférica; Rio de Janeiro; Qualidade do ar, Hysplit.


PÁGINAS: 70
RESUMO:

RESUMO

 

          O estudo da poluição atmosférica está se tornando cada vez mais comum, pois esta causa impactos tanto a níveis de clima e ambiente quanto na saúde humana. A poluição do ar é o resultado da contaminação por gases e partículas sólidas e líquidas suspensas na atmosfera. O efeito causado pode ser imediato ou a médio/longo prazo, uma vez que a poluição presente na atmosfera pode ser de difícil dispersão. O material particulado é o poluente que apresenta maior perigo, pois se agrega a outros poluentes e pode tornar-se ainda mais nocivo. O objetivo deste estudo é analisar e comparar a concentração do PM10 em três regiões do estado Rio de Janeiro, Cidade de Deus, Seropédica e Duque de Caxias, verificando se o tipo de atividade desenvolvida (urbana, rural ou industrial) exerce influência na poluição. Além disso, verificar se os padrões de qualidade do ar adotados pelo Brasil são respeitados nas três regiões de estudo, como também verificar a trajetória do poluente de cada região, através do “” Hysplit. Para o estudo em questão, os dados do PM10, de 1998 a 2013, das três regiões do estado do Rio de Janeiro com características totalmente diferentes foram fornecidos pelo Instituto Estadual do Ambiente (INEA-RJ), sendo a região de Seropédica de característica rural, a Cidade de Deus uma região urbana e a região de Duque de Caxias, caracterizada como industrial. A análise envolverá técnicas de imputação de dados, bem como a análise de séries temporais. Como resultados iniciais destaca-se a diferença entre médias das regiões, sendo a área com característica rural, Seropédica, com menor concentração de PM10, tendo média de 33,2 µg/m3, enquanto que as regiões de Cidade de Deus tem média superior a 90 µg/m3. Além de identificar que os padrões de qualidade do ar não são respeitados para a maioria dos dias em estudo nas regiões urbana e industrial, ao contrário da região rural, o que nos indica preliminarmente que o tipo de atividade desenvolvida na região influencia na concentração do PM10. Espera-se que este estudo possa servir de base para a elaboração de políticas públicas, proporcione conhecimento e conscientização da população quanto a importância da redução da emissão de poluentes.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 350691 - MARIA HELENA CONSTANTINO SPYRIDES
Interno - 1879213 - JUDITH JOHANNA HOELZEMANN
Interno - 1346630 - LARA DE MELO BARBOSA ANDRADE
Externo à Instituição - ADRIANA GIODA - PUC - RJ
Notícia cadastrada em: 01/02/2017 09:50
SIGAA | Superintendência de Informática - (84) 3215-3148 | Copyright © 2006-2019 - UFRN - sigaa04-producao.info.ufrn.br.sigaa04-producao