Banca de QUALIFICAÇÃO: MARCELO LUÍS DE AMORIM SOUZA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : MARCELO LUÍS DE AMORIM SOUZA
DATA : 30/09/2016
HORA: 14:30
LOCAL: a definir
TÍTULO:

Análise das interações entre o clima, saúde e fatores socioambientais: a incidência da dengue em áreas semiaridas e úmidas do Rio Grande do Norte.


PALAVRAS-CHAVES:

Aedes aegypti; vetores; mudanças climáticas; GoM; escassez hídrica


PÁGINAS: 122
RESUMO:

A dengue é uma doença endêmica no mundo tropical e é causada por mosquitos da espécie scutellaris pertencentes à família Culicidae. No Brasil, o Aedes aegypti é o principal transmissor dos quatro sorotipos que circulam no país. As variáveis climatológicas temperatura, umidade do ar e pluviosidade contribuem enormemente para a proliferação do mosquito e, consequentemente com a disseminação da doença na população. Ademais, outros fatores podem interferir na disseminação da doença, tais como, migrações, intensos processos de urbanização, alta vulnerabilidade socioeconômicas das populações e precárias condições domiciliares quanto a infraestrutura. Tais fatores podem ter uma ampla influência na proliferação da dengue numa população. Essa pesquisa tem como objetivo analisar a distribuição espacial-temporal da incidência da dengue nas microrregiões do Rio Grande do Norte no período de 2003 a 2012. Além disso, o estudo visa detectar potenciais fatores de riscos (climatológicos, socioeconômicos e de infraestrutura) associados à proliferação da dengue nas localidades consideradas no trabalho. Assim, pretende-se comparar a incidência da dengue em áreas de climas tropical semiárido com a do clima úmido do Rio Grande do Norte, como forma de contribuir no entendimento da relação clima versus epidemiologia. Os resultados preliminares permitem concluir que as taxas de incidência da dengue no semiárido potiguar têm apresentado valores proporcionalmente mais elevados do que aqueles observados nas regiões mais úmidas do Estado. Observou-se, também, que a incidência da doença nas microrregiões analisadas variou entre os períodos de maiores e menores índices pluviométricos ao longo do ano de 2012, com predominância no período de maior pluviometria.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1346630 - LARA DE MELO BARBOSA ANDRADE
Interno - 1752417 - CLAUDIO MOISES SANTOS E SILVA
Interno - 350691 - MARIA HELENA CONSTANTINO SPYRIDES
Interno - 320597 - PAULO SERGIO LUCIO
Externo ao Programa - 2374871 - ZORAIDE SOUZA PESSOA
Notícia cadastrada em: 23/09/2016 11:25
SIGAA | Superintendência de Informática - (84) 3215-3148 | Copyright © 2006-2019 - UFRN - sigaa06-producao.info.ufrn.br.sigaa06-producao