Banca de DEFESA: ALINE GOMES DA SILVA

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : ALINE GOMES DA SILVA
DATA : 16/09/2016
HORA: 14:00
LOCAL: Auditório do CCET
TÍTULO:

ESTUDO SOBRE A PRECIPITAÇÃO SIMULADA NO OUTONO NA REGIÃO TROPICAL DA AMÉRICA DO SUL ATRAVÉS DE DOWNSCALING DINÂMICO E PREVISÃO POR CONJUNTO

 


PALAVRAS-CHAVES:

RegCM4, parametrizações, regressão, componentes principais


PÁGINAS: 128
RESUMO:

 

Este trabalho apresenta a análise do desempenho do método de previsão por conjunto através de Regressão Linear Múltipla por Componentes Principais (RCP) para combinar simulações, com diferentes configurações, executadas com um modelo climático regional (técnica downscaling dinâmico) a fim de simular a precipitação sobre a parte tropical da América do Sul. As análises focaram-se em duas sub-regiões do Brasil: Nordeste Brasileiro (NEB) e Amazônia (AMZ). O modelo regional utilizado nas simulações foi o RegCM4, forçado por dados do ERA-Interim, produzidos pelo European Center for Medium-Range Weather Forecast (ECMWF). Analisaram-se 18 outonos austrais de 1991 até 2008. Para a composição da previsão por conjunto foram usados 2/3 do período para treinamento e 1/3 para validação, conforme a técnica de holdout. Os resultados foram comparados aos dados diários de precipitação do Global Precipitation Climatology Center (GPCC) e com a média aritmética (MA) das simulações, que é o método geralmente utilizado para previsão por conjunto. O modelo RegCM4 apresentou potencialidade para prever a precipitação sobre a região tropical da América do Sul (AS). Além disso, diferentes parametrizações do modelo podem ser modificadas a fim de torná-lo mais eficaz. Entretanto, o bom desempenho do modelo somado ao método de previsão por conjunto RCP aumentou a precisão, comparada ao método MA apresentando: vieses menos tendenciosos (média próxima de zero), enquanto o método MA foi tendencioso (subestimou a precipitação); maior captura da variabilidade dos dados do GPCC e correlação moderada com os dados do GPCC, enquanto MA obteve correlação fraca e maior erro quadrático médio. Além disso, o método RCP reproduziu, com melhor desempenho, a frequência de determinadas taxas de precipitação (entre 0-5; 5-10; 10-15 e 15-20 mm/dia) ao longo de todo o período para ambas as regiões. Portanto, a partir da metodologia desenvolvida e implementada obteve-se melhorias na previsão da intensidade da chuvas diárias sobre a região tropical da América do Sul.



MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1752417 - CLAUDIO MOISES SANTOS E SILVA
Interno - 1858120 - DAVID MENDES
Interno - 350691 - MARIA HELENA CONSTANTINO SPYRIDES
Interno - 320597 - PAULO SERGIO LUCIO
Externo à Instituição - ALEXANDRE TORRES SILVA DOS SANTOS - CTGás
Externo à Instituição - ROSMERI PORFIRIO ROCHA - USP
Notícia cadastrada em: 16/08/2016 14:22
SIGAA | Superintendência de Informática - (84) 3215-3148 | Copyright © 2006-2019 - UFRN - sigaa04-producao.info.ufrn.br.sigaa04-producao